Comércio fecha mais cedo no centro de Santos

Com o aumento de vendas em tempo de festa, o comércio fecha mais tarde? Em Santos, não.

Comentar
Compartilhar
19 DEZ 201215h15

Durante as festas, os centros comerciais aproveitam para vender mais. Fecham mais tarde, abrem as portas no fim de semana e trabalham na véspera dos feriados para aproveitar o grande movimento até o último minuto e esperar pelos ‘atrasadinhos’ que deixam tudo para a última hora.

No Centro de Santos, a falta de segurança impede que os comerciantes fiquem até mais tarde ou abram no domingo. “O Centro é meio perigoso. Vamos observar o movimento e ver com as lojas vizinhas se elas vão abrir no domingo ou não”, explicou a comerciante Dulceli Micheletti, proprietária de uma loja de sapatos na Rua General Câmara.

Segundo o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Santos (CDL), Paulo Levi Latrova, que também trabalha no comércio do Centro Histórico, as lojas podem ficar abertas até as 22 horas durante a semana (incluindo o domingo) e até as 18 horas na próxima segunda-feira, véspera de Natal. “Nem todos abrem até esse horário, apenas as grandes redes”, explicou.

Já o gerente de uma loja de moda surfwear, Maicon Alberto, aproveita o movimento até o último minuto. “Nós somos os últimos a fechar aqui na Rua João Pessoa. Fica aberto até onde eu vejo que não me traz riscos. Os outros comerciantes têm medo de ficar até mais tarde”, conta. A loja funciona até as 22 horas até o domingo e, na segunda, vai até as 19 horas.

Diferente dos outros centros comerciais, as lojas do Centro de Santos fecham às 20 horas. (Foto: Luiz Torres/ DL)

Movimento

Em Santos, o movimento para as compras de Natal não traz grandes expectativas para o presidente do CDL. “Tá dentro da expectativa, que já não era boa. Só vamos saber os números no ano que vem, mas acredito que vamos manter os mesmos índices que batemos no ano passado”, afirma.
Para o gerente Alberto, o movimento ainda está igual do ano passado. “Mas acredito que vai melhor após o dia 20”, acredita.

Opções

O Centro de Santos tem boa parte das grandes redes presentes na Região: Marisa, Riachuelo, Pernambucanas, Americanas, Casas Bahia, entre outras. Essas ficam até mais tarde e a maioria abrirá no domingo.
Entre as pequenas lojas são oferecidas roupas em preços mais populares, acessórios, artigos de presentes e sapatos em liquidação.