Cinzas de jovem estuprada na Índia são jogadas no Rio Ganges

A estudante de 23 anos morreu no sábado, duas semanas depois de ser brutalmente espancada, quando voltava para casa de ônibus.

Comentar
Compartilhar
02 JAN 201304h44

Foram jogadas no Rio Ganges as cinzas da estudante indiana de 23 anos que morreu após ter sido vítima de estupro coletivo, em Nova Delhi, capital da Índia.

A estudante de 23 anos morreu no sábado, duas semanas depois de ser brutalmente espancada, quando voltava para casa de ônibus.

O ataque causou revolta na Índia e gerou muitos pedidos de mudanças na forma como as mulheres são tratadas nos país, além de melhorias nas leis de proteção contra a violência.

A polícia indiana prendeu seis homens que estariam ligados com o crime.