Chapa Renova Santos - OAB para todos defende reforma institucional

O advogado Alex Ochsendorf, candidato a presidente, afirmou que a chapa tem como proposta um “choque de gestão”

Comentar
Compartilhar
22 JAN 201323h31

A chapa de oposição ‘Renova Santos-OAB para Todos’, candidata ao pleito eleitoral da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil de Santos (OAB-Santos), que ocorrerá no próximo dia 17, apresentou suas propostas, em visita à redação do Diário do Litoral, na tarde de ontem.

O advogado Alex Ochsendorf, candidato a presidente, afirmou que a chapa tem como proposta um “choque de gestão”. Ochsendorf, acompanhado do advogado Leandro Weissmann, que compõe a chapa como secretário-geral adjunto, explicou que entre os planos de gestão estão a valorização do profissional no mercado e dentro do Poder Judiciário, mudanças institucionais e administrativas da OAB Santos, transparências nas contas da autarquia com publicação de receita e despesa no site da OAB-Santos, e extinção da carteira do Instituto de Previdência do Estado de São Paulo (IPESP).

Ochsendorf e Weissmann também defendem a gratuidade na Escola Superior de Advocacia (ESA) voltada ao aprimoramento profissional dos advogados. Ambos também destacaram a carência de profissionais qualificados nas especialidades com vocação na Região Metropolitana da Baixada Santista como o Direito Imobiliário, Ambiental, Esportivo e Minerário (petróleo e gás, pré-sal).

“Hoje as empresas da região contratam escritórios especializados de São Paulo porque não temos profissionais especializados aqui. É preciso especializar os advogados para atuarem na Região”, afirmou Ochsendorf.

Outra proposta da chapa é a criação de um espaço destinado aos advogados inscritos na OAB até dois anos. A OAB-Santos cederia uma estrutura, com secretária à disposição, aos advogados em início de carreira e sem condições financeiras de abrir o próprio escritório.

Os candidatos da chapa ‘Renova Santos-OAB para todos’ também estão propondo o controle de nomeações nos convênios da OAB-Santos com a Prefeitura e o Estado. A chapa é composta ainda pelos advogados Ana Maria de Carvalho (vice-presidente), Armando de Mattos Jr. (secretário-geral) e Jorge Sorrentino (tesoureiro).

As eleições das novas mesas diretoras das unidades da Ordem dos Advogados do Brasil ocorrerão no próximo dia 17. Em Santos, em princípio, o pleito será realizado no Teatro Coliseu, no Centro Histórico, e o horário de votação é das 10 às 18 horas. Todos os advogados adimplentes inscritos na OAB-Santos, do total de 6.484, podem votar. Quatro chapas concorrem às eleições para o mandato de três anos. A posse da chapa eleita será no dia 1º de janeiro de 2010.