CET inaugura centro de controle de tráfego

Já foram instaladas cinco câmeras, de um total de 11, com giro de 360° e zoom.

Comentar
Compartilhar
28 DEZ 201222h05

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) inaugurou nesta sexta-feira (28) moderna Central de Controle Operacional, durante cerimônia na empresa, quando também foi apresentado o Sistema de Monitoramento de Trânsito por câmeras de circuito fechado de TV.

Já foram instaladas cinco câmeras, de um total de 11, com giro de 360° e zoom com capacidade de aproximar a imagem em até 36 vezes (cerca de 800 metros de distância). Elas possuem tecnologia IP e sistema ‘no break’, para funcionar em caso de falta de energia. A transmissão dos dados é por fibra ótica.

Os locais contemplados até o momento são: av. Nossa Senhora de Fátima x Via Anchieta x av. Martins Fontes, e nos cruzamentos da av. Nossa Senhora de Fátima com rua Júlia Ferreira de Carvalho e rua Boris Kauffman. Também receberam câmeras a av. Ana Costa x av. Francisco Glicério e av. Bartolomeu de Gusmão x rua Carlos de Campos.

Os próximos equipamentos serão instalados na av. Presidente Wilson com o emissário submarino e av. Bernardino de Campos; av. Vicente de Carvalho x av. Ana Costa; e av. Bartolomeu de Gusmão, na interseção com a Conselheiro Nébias, na quadra entre as ruas Padre Visconti e Oswaldo Cochrane e no cruzamento com a rua Alexandre Martins.

O prefeito João Paulo Tavares Papa disse que será possível a interligação de imagens entre as 168 câmeras do SIM (Sistema Informatizado de Monitoramento) da prefeitura e as da empresa. “Embora tenham posicionamento mais especifico para a segurança, as câmeras do SIM também são úteis para o monitoramento do trânsito. As imagens captadas por aqueles equipamentos futuramente estarão disponíveis na CET e darão ao sistema a cobertura quase total da cidade”.

As câmeras da CET permitem a observação do tráfego. Caso alguma interferência seja visualizada, é possível agilizar o envio de agentes de trânsito ao local e até mesmo alterar os planos semafóricos de forma ainda mais rápida. Isso porque 57% dos cruzamentos com semáforos (207 dos 364) já estão interligados à CCO, que funciona 24 horas, possibilitando reprogramações imediatas no caso de acidente ou interdição na via, por exemplo. Pelo computador é possível controlar o tempo, identificar falhas ou acertar o sincronismo desses equipamentos.

As câmeras da CET permitem a observação do tráfego (Foto: Divulgação)

Tempo real

As câmeras de monitoramento de trânsito são parte complementar do projeto de semáforos em tempo real que a cidade receberá no próximo ano. Os semáforos serão distribuídos em 49 interseções das avenidas da orla (da divisa à rua Alexandre Martins), Nossa Senhora de Fátima/Martins Fontes (entre as ruas Júlia Ferreira de Carvalho e São Sebastião) e toda a extensão da Ana Costa.

Eles detectam o número de veículos que passa pelo cruzamento, através de sensor, e calculam o tempo necessário de abertura para dar a preferência à via mais demandada naquele momento. Seu funcionamento é diferente dos semáforos convencionais, que possuem tempos fixos para as fases verde e vermelha.

Investimentos

O projeto foi viabilizado a partir de emenda do deputado federal Beto Mansur. O custo total é R$ 5 milhões 900 mil (R$ 3 milhões oriundos do Ministério das Cidades e R$ 2 milhões 900 mil como contrapartida do município). O valor contempla semáforos em tempo real em 49 interseções, 11 câmeras de monitoramento, fibra ótica necessária para a instalação do sistema e os recursos para a construção do novo Centro de Controle Operacional – mobiliário técnico, piso elevado, telões LED, computadores etc.