Cerca de mil educadores prestigiam palestra de Augusto Cury na Unaerp

A prefeita da Cidade, Maria Antonieta de Brito deu às boas a um dos maiores escritores brasileiros do País

Comentar
Compartilhar
08 MAI 201415h54

O ginásio da Unaerp (Avenida Dom Pedro I, 3.300 – Enseada) em Guarujá reuniu cerca de mil educadores da rede municipal e privada na última terça-feira (6). Todos prestigiaram a palestra do médico psiquiatra, psicoterapeuta e escritor Augusto Cury, dentro do workshop “Gestão da Educação”. A realização é da Prefeitura de Guarujá, por meio da Secretaria de Educação, com a Consultoria em Administração Municipal (Conam).

Ao recepcionar o escritor, a prefeita da Cidade, Maria Antonieta de Brito falou da emoção em recebê-lo. “Guarujá merece tê-lo aqui por ser um dos mais renomados escritores do nosso País. Parabéns a toda equipe da Prefeitura por mais esta realização. Tenho certeza de que todos o conhecem, através de suas palavras e pensamentos, por meio de seus grandes livros”.

Ela destacou ainda que uma das obras de Augusto Cury marcou um momento especial de sua vida. Trata-se do livro “Pais Brilhantes, Professores Fascinantes”, que a auxiliou muito quando trabalhava com crianças de uma comunidade, que não tinham sonhos. “Foi a partir da experiência que ele escrevia, que vi e acompanhei na prática a transformação daquelas crianças. E a sua obra é assim mexe com o nosso eu e leva a experiência para nossas famílias. Desta forma, aprendemos a ser o sal da terra e luz para as pessoas. Foi isso o li em seus livros”.

Para a secretária de Educação de Guarujá, Priscilla Bonini, os professores merecem nosso empenho. “Contar com a presença do grande Augusto Cury é sem dúvida, um grande presente para todos nós educadores. E sem falar que sua fala e seus livros nos enriquecem como profissionais e, sobretudo, como seres humanos”.

Antes de iniciar sua palestra, Cury agradeceu a prefeita pela oportunidade. “Fico feliz em conhecer alguém tão comprometido com a educação e a ética, como é a prefeita Antonieta”. Logo em seguida, o médico psiquiatra fez algumas perguntas ao público, como por exemplo: quem estava estressado? Quem tem paciência quando é contrariado? Quem sofre por antecipação? Quem tem coragem? E a partir daí passou a entrar na questão da formação de pensadores.

Augusto Cury, que realiza conferências e palestras dentro e fora do País possui um público bem diversificado. Em Guarujá, ele discorreu sobre o planeta psíquico, em que falou a respeito do que é composto o pensamento virtual. “Nada mais é do que o átomo da psicologia, e que ainda não foi estudado pela ciência”.

Ainda na oportunidade – o também escritor de “O Vendedor de Sonhos”, “Revolucione sua Qualidade de Vida”, entre outros - enfatizou que no campo da emoção, os formandos de hoje não aprendem a lidar com as perdas da vida. “É preciso aprender a gerenciar os pensamentos, pois somos os carrascos de nós mesmos”.

Depois, passou a explanar sobre o pensamento virtual, e sobre este aspecto deixou claro que “este quando é levado da maneira inadequada, acaba implantando janelas traumáticas”. Ele acrescenta que o ser humano quando não tem problemas passa a criá-los.

Cury aproveitou para anunciar que está finalizando novo livro que será lançado até o final do ano. Temos que formar pessoas apaixonadas pela espécie humana. Temos que lembrar que somos seres humanos, ou seja, um continente a ser explorado.

Teoria - criador da teoria da Inteligência Multifocal, que trata do funcionamento da mente, o processo de construção do pensamento e formação de pensadores. Os resultados obtidos através da Escola da Inteligência, um projeto do psiquiatra desenvolvido em escolas particulares e públicas do país serão apresentados e discutidos pela consultora pedagógica, Fabiane Máximo. A Escola da Inteligência é uma metodologia com foco no desenvolvimento da qualidade de vida e da saúde emocional dos alunos.