Carros alegóricos ainda estão abandonados na Zona Noroeste

Mesmo passando 40 dias após o Carnaval, estruturas viram alvo de assaltantes, que invadem terreno para roubar peças dos veículos

Comentar
Compartilhar
15 ABR 201410h44

A folia acabou há mais de um mês, mas diversos carros alegóricos das escolas de samba de Santos estão abandonados próximos à Passarela do Samba Dráuzio da Cruz, na Zona Noroeste. O problema se repete, já que o mesmo cenário, das estruturas sujas e quebradas, era visto no local após o Carnaval do ano passado.

Em um dos carros, é possível identificar o nome de uma das escolas que passaram pelo sambódromo da Zona Noroeste este ano: a X-9. Ao lado, um carro abandonado por outra agremiação, a Padre Paulo.

A Prefeitura de Santos estabeleceu prazo para a retirada das estruturas do terreno que fica ao lado da passarela. A área, segundo a Administração, é particular e foi cedida para o estacionamento dos carros alegóricos.

O Executivo também garantiu a segurança do local até março. De acordo com a denúncia do leitor que mandou as fotos ao Diário do Litoral, André Souza, as estruturas estão sendo desmontadas por pessoas que invadem a área para pegar peças dos carros.

Na estrutura é possível identificar os nome da escola responsável (Foto: André Souza/Leitor DL)

A Prefeitura afirma que notificou as escolas de samba para retirarem os equipamentos do terreno. Caso a remoção não seja efetuada, a Administração vai transferir os carros para um terreno cedido pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp).

O Executivo, no entanto, não informou se as escolas serão punidas pelo abandono dos carros alegóricos além do prazo estabelecido para a retirada.

Mais respostas

Questionada pela reportagem, a Administração Municipal afirmou os carros alegóricos estão em terreno particular atrás do sambódromo, sem qualquer ônus para os cofres municipais. Por se tratar de área privada, a segurança dos veículos  é de responsabilidade das escolas de samba, proprietárias dos veículos.