Cotidiano

Carne com larvas estraga o fim de semana de família e provoca vômito coletivo em Itanhaém

Auxiliar de enfermagem alugou casa na cidade e, ao comprar carne para o churrasco, teve uma surpresa desagradável e muitos familiares passando mal

Da Reportagem

Publicado em 12/07/2022 às 12:53

Atualizado em 12/07/2022 às 12:55

Compartilhe:

Carne foi comprado no Mercado Extra, no Centro de Itanhaém / Arquivo Pessoal

Um fim de semana que era para ser feliz em família terminou em vômito coletivo e dor de barriga, em Itanhaém. O motivo? Larvas de moscas encontradas na carne comprada para o churrasco em um supermercado no Centro da Cidade. Quem recebeu esta surpresa desagradável foi a auxiliar de enfermagem Kelly Beck Tofteraa, de 36 anos.

Os bichos só foram percebidos quando já estavam sendo assados na churrasqueira, mas antes, Kelly e sua família já tinham ido ao mercado trocar uma outra peça de carne que estava com cheiro de podre. O Mercado Extra, onde o produto foi comprado, informou ter trocado o produto imediatamente e que o item estava dentro da validade.

A auxiliar de enferagem mora na Noruega e estava na cidade justamente para passar férias e ficar um tempo com os familiares, que moram em Praia Grande. Ela alugou a casa com piscina em Itanhaém e eles comprar a carne para o churrasco.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Foram comprados dois pacotes. Um estava com um cheiro forte e foi trocado. Quando estava no mercado efetuando a troca, a irmã de Kelly percebeu que outro cliente fazia o mesmo.

O segundo pacote não estava fedendo, então foi para a churrasqueira. "Aí tinha gente comendo pão de alho, pegando as carnes e comendo. Minha irmã sentou e, na hora que bateu o olho na carne assada, disse que tinha um bichinho, mas pensou que era da salada", explicou.

Ao checar a carne crua, percebeu as larvas. Ela chegou a pegar um pedaço da carne e levar ao mercado para reclamar. Os funcionários disseram para ela levar um novo pedaço de carne, mas ela se negou.

Passando mal

As larvas na carne causaram uma crise coletiva de vômito. "Todo mundo saiu correndo, enfiando o dedo na goela para vomitar. Todos vomitaram. Foi um horror". Ao todo, 16 pessoas participaram do churrasco organizado pela auxiliar de enfermagem.

Segundo Kelly, no dia seguinte, sua filha e duas sobrinhas passaram mal com diarreia e reclamando de dor de barriga. "Entrei em contato com a Fribou, mandaram um técnico na minha casa, foram em Guarujá no apartamento em que eu estava, levaram um kit churrasco com uma tábua, faca e garfo, disseram que se reuniram com técnicos para analisar o vídeo, e um deles disse que um ovo de larva pode ter saído de dentro da tábua", explicou Kelly. Ela também entrou em contato com o supermercado, mas não teve retorno até o momento.

Respostas

Em nota, o Mercado Extra informou ter trocado o produto imediatamente, e que o item estava dentro da validade. A empresa disse, ainda, que, por ser uma peça de carne embalada à vácuo, não realiza nenhum tipo de manipulação do produto em suas dependências.

A JBS disse que a Friboi enviou um técnico para verificar as condições do mercado e na casa da consumidora. Segundo a empresa, o caso está sendo analisado pelos setores responsáveis e uma resposta técnica será enviada nos próximos dias.

Ainda de acordo com a nota, a Friboi enviou um kit de churrasco à consumidora e ressalta que mantém compromisso inegociável com a qualidade de seus produtos. As informações são do G1.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Fenômeno que congelou as ondas na Argentina pode chegar ao litoral brasileiro?

Uma séria de combinações precisam ocorrer para que o gelo marinho apareça

Esportes

Clube do Litoral de SP tem crise financeira e dá 'calote' desde dezembro

O Diário do Litoral preparou uma linha cronológica sobre a situação vivida por jogadores, ex-atletas e funcionários

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter