Boko Haram ataca três cidades de Camarões e sequestra 30 pessoas

Os ataques têm causado uma espécie de crise na região fronteiriça. Além da Nigéria e de Camarões, os extremistas também atacaram o Níger na semana passada

Comentar
Compartilhar
09 FEV 201515h22

Milícias do grupo extremista nigeriano Boko Haram atacaram três cidades da região norte de Camarões, abduzindo mais de 30 pessoas nesta segunda-feira, afirmam testemunhas.

Os ataques do Boko Haram têm causado uma espécie de crise na região fronteiriça. Além da Nigéria e de Camarões, os extremistas também atacaram o Níger na semana passada.

De acordo com relatos, o ataque de hoje começou no domingo, quando militantes se apoderaram de um ônibus contendo 20 pessoas em Koza, e dirigiram ele de volta para a Nigéria, há cerca de 18 quilômetros. Hoje, outro grupo atacou a cidade camaronesa de Kolofata, pilhando comida e gado. A cidade foi recentemente libertada do Boko Haram por tropas chadianas, que estão estacionadas na região.

No sábado, oficiais da União Africana, reunidos na capital camaronesa, propuseram a criação de uma força com 8.750 soldados para combater o grupo. Soldados viriam da Nigéria, Chade, Camarões, Níger e Benin. De acordo com os defensores da medida, a força internacional poderia estar pronta já no mês que vem.

Colunas

Contraponto