Cotidiano

Balsa fica à deriva em travessia entre Santos e Guarujá; veja vídeo

Um dos passageiros registrou o momento com a câmera do celular

Da Reportagem

Publicado em 27/04/2022 às 14:34

Atualizado em 27/04/2022 às 16:15

Compartilhe:

Balsa fica à deriva em travessia entre Santos e Guarujá / Reprodução/Vídeo

Uma balsa que fazia a travessia entre Santos e Vicente de Carvalho, em Guarujá, ficou a deriva na tarde de terça-feira (26). Um dos passageiros registrou o momento com a câmera do celular. Ninguém ficou ferido. 

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Conforme informações, um dos motores falhou por volta das 16h, e a embarcação ficou à deriva por alguns minutos com centenas de passageiros a bordo, até que fosse resgatada por outra balsa que a rebocou até o píer de Vicente de Carvalho.

Nas imagens, é possível observar o momento exato em que uma segunda lancha vai ao encontro da embarcação à deriva para transferir os passageiros que estavam a bordo da lancha danificada. 

Em nota, o Departamento Hidroviário do Estado de São Paulo confirmou o incidente e detalhou que a lancha LS-04, apresentou pane em um de seus motores, o que gerou dificuldade na manobra da embarcação.

“A lancha LS-03, foi acionada e resgatou imediatamente os passageiros a bordo. Ninguém ficou ferido. O problema com a embarcação não gerou atrasos no serviço de transporte de passageiros”, informou o departamento.

Travessias de pedestres
Cinco lanchas transportam, diariamente, milhares de pessoas nas travessias Santos/Vicente de Carvalho. As embarcações têm saídas regulares a cada vinte minutos, em média, durante 24 horas, com trajeto de 17 minutos.

Confira o vídeo publicado pelo portal 'O Itapema':

 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Padaria inova com pão de maçã e conquista o público no Litoral de SP

Estabelecimento oferece, há 37 anos, pães diferenciados, bolos, doces e uma gastronomia afetiva aos clientes

Exclusivo

Mineração no fundo do mar pode acontecer a 370 km das praias do Litoral de SP

Corrida por matéria-prima para produção de baterias e painéis solares motiva cobiça de mineradoras, que avançam sobre os oceanos, com impactos ambientais imprevisíveis

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter