Bailes funk são alvo de Força Tarefa em Praia Grande

Ação foi realizada pela Guarda Civil Municipal e outros órgãos e terminou com vários produtos apreendidos

Comentar
Compartilhar
10 DEZ 201317h14

Equipes da Guarda Civil Municipal (GCM), Polícia Militar e agentes da Secretaria de Finanças (Sefin) realizaram Força Tarefa na sexta-feira e sábado (06 e 07) com o objetivo de fiscalizar a realização de bailes funk. A ação terminou com vários produtos apreendidos.

De acordo com o subcomandante da GCM, Luis Fernando Zeferino dos Santos, a operação foi realizada a pedido do Ministério Público em resposta às freqüentes denúncias e reclamações. “Os abusos com relação ao volume do som e também ao consumo de bebidas alcoólicas geraram muitas reclamações diretamente ao MP. Além de fiscalizar questões administrativas, como alvarás e licenças, a ação buscou manter a ordem com relação à perturbação do sossego”.

As ações se concentraram nas avenidas Josefa Alves de Siqueira e na São Jorge, no Mirim. No sábado, em um dos locais onde a equipe chegou, havia uma grande concentração de pessoas, que ainda tentaram fugir do local correndo. Entretanto, as equipes conseguiram conter a situação. Algumas pessoas comercializavam ilegalmente bebidas alcoólicas e os produtos foram apreendidos.

Os bailes funk de Praia Grande foram alvos de Força Tarefa (Foto: Divulgação)

Ainda conforme Zeferino, outras operações como essa devem ser realizadas com frequência. “O trabalho conjunto com a Polícia Militar tem se mostrado bastante eficiente. A Administração Pública faz sua parte para garantir a tranqüilidade de moradores e turistas, mas as pessoas também têm de ter bom senso”, orientou o subcomandante.

A Guarda Civil Municipal está passando por uma ampliação. Recentemente, foram convocados 43 novos guardas, atendendo às metas do programa Avança PG, lançado em novembro pelo prefeito Alberto Mourão.

Denúncias de abusos ao Código de Posturas do Município e outras irregularidades podem ser feitas pelo telefone 199.