Argentina teve superávit comercial de US$ 12,66 bilhões em 2012

Isso equivale a um aumento de US$ 2,65 bilhões em comparação a 2011.

Comentar
Compartilhar
11 JAN 201300h02

A presidente Cristina Kirchner, em discurso na Casa Rosada, anunciou que a Argentina encerrou o ano 2012 com um superávit comercial de US$ 12,663 bilhões com todo o mundo. Isso equivale a um aumento de US$ 2,65 bilhões em comparação a 2011. Segundo a presidente, a Argentina teve um superávit de US$ 502 milhões em dezembro, volume que indica um aumento de 53% em comparação com o mesmo mês de 2011 e de 167% em relação a 2010.

As exportações argentinas de 2012 geraram US$ 81,22 bilhões, o equivalente a 2,7% a menos do que em 2011. As importações, que tiveram uma queda de 7,3% foram de US$ 68,56 bilhões. Diversos analistas econômicos indicam que a queda no fluxo comercial - além do esfriamento da economia - foi provocado pelo "corralito verde", denominação das restrições sobre o dólar, além das barreiras contra a importação de insumos para a indústria.

Cristina fez o anúncio sobre a balança comercial no meio de um discurso sobre a compra de vagões Made in China para as ferrovias da Grande Buenos Aires. Além disso, a presidente afirmou que os tributos aplicados pelo governo às importações tiveram um aumento de 25,6% em 2012. "Não me falem em inflação, pois aquilo que é importado vem de fora... e muitas das coisas que se importam chegam aqui com preços muito mais baixos", sustentou.