SEDUC

Alegria e emoção marcam o último dia de desfiles das Escolas de Samba de Santos

A mais antiga Escola de Samba da Cidade, a pioneira X-9 foi a última escola a desfilar, encerrando a festa. A agremiação cantou sua relação com o Rio de Janeiro e o Carnaval carioca

Comentar
Compartilhar
17 FEV 201511h13

Muita alegria e emoção tomaram conta da passarela Dráusio da Cruz, nesta segunda-feira, última noite de desfiles das Escolas de Samba do Carnaval santista. A primeira a desfilar foi a Vila Mathias que, com seus 1200 componentes, contou na avenida a história do trigo. Em seguida foi a vez da Sangue Jovem mostrar seu baile de máscaras, como um tradicional carnaval de Veneza.

Lá pela 1 hora da manhã a campeã do Carnaval santista do ano passado entrou na passarela do samba agitando as arquibancadas. A Unidos dos Morros busca o bicampeonato e trouxe como tema o Samba e seu valor. A quarta Escola a se apresentar foi a Brasil, que homenageou o mestre Paulinho, um de seus símbolos, falecido em abril do ano passado. A bateria, com 160 ritmistas era pura emoção.

A mais antiga Escola de Samba da Cidade, a pioneira X-9 foi a última escola a desfilar, encerrando o Carnaval de Santos. A agremiação cantou sua relação com o Rio de Janeiro e o Carnaval carioca.

Muita alegria e emoção tomaram conta da passarela Dráusio da Cruz, neste último dia de desfile (Foto: Susan Hortas/PMS)

Apuração

A Escola de Samba campeã do Carnaval santista 2015 será conhecida nesta quarta-feira (18), a partir do meio-dia, no Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100 - Centro Histórico).