Alckmin autoriza projeto do BRT

No estudo apresentado pela EMTU, a partir das sugestões de Praia Grande, o corredor exclusivo do BRT ligará o bairro Caiçara até a Estação de Transferência do VLT, no centro de São Vicente

Comentar
Compartilhar
09 JUN 201410h42

A assinatura de ordem de serviço para a contratação do projeto funcional do BRT (Bus Rapid Transport) Litoral Sul, oficializada pelo governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, ocorreu na última sexta-feira (6). Idealizador da implantação da alternativa de transporte, o prefeito Alberto Mourão participou da solenidade.

Segundo Alckmin, o corredor terá extensão de cerca de 18 quilometros e será integrado ao VLT. “Será beneficiada uma população de 600 mil habitantes somente dos municípios de Praia Grande e São Vicente”.

De acordo com o projeto inicial da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo) sobre o Veículo Leve Sobre Trilho (VLT), Praia Grande só seria contemplada por volta de 2024 com o trajeto pela área do bairro Santa Marina e Padre Manoel da Nóbrega, não circulando nas áreas com maior número de moradores. A alternativa sugerida pelo prefeito de Praia Grande foi o BRT, que, além de um trajeto menor, economicidade e acessibilidade, ainda oferecerá conforto aos usuários.


Governador assinou a ordem de serviço na 6ª feira (Foto: Agência Brasil)

“Em 2022, iria se começar a pensar na discussão do VLT em Praia Grande. Não teríamos nenhum transporte adequado antes de 2026, quando o Município chegaria a mais 450 mil habitantes. O volume de transportados-dia não é compatível com sistema de alto investimento que tem o VLT. Isso criava um trauma porque sei das reclamações do transporte coletivo, principalmente intermunicipal. A Administração Municipal está fazendo um novo estudo do sistema interno, mas depende muito de como vai ficar a linha tronco, que interliga com o VLT”, explicou Mourão.

No estudo apresentado pela EMTU, a partir das sugestões de Praia Grande, o corredor exclusivo do BRT ligará o bairro Caiçara, passando a Ponte Esmeraldo Tarquínio (mais conhecida como Ponte do Mar Pequeno) até a Estação de Transferência do VLT, no centro de São Vicente, com a opção também da ligação do bairro Caiçara com a estação Samaritá, na área continental de São Vicente.