Aeroporto de Itanhaém será avaliado como alternativa para a Copa

Crescimento das atividades do Aeroporto consolida a vocação socioeconômica de Itanhaém.

Comentar
Compartilhar
24 JAN 201320h55

O Aeroporto Estadual Antonio Ribeiro Nogueira Júnior, de Itanhaém, será analisado como alternativa para a Copa do Mundo de 2014 pelo Governo Federal. Um ofício enviado pelo Ministério do Esporte confirmou que os dados sobre o complexo aeroviário foram encaminhados para a Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República para análise.

Recentemente, o aeródromo foi incluído no Plano Aeroviário Nacional (PAN), em função de seu potencial para crescimento. Com isso, poderá ser inscrito no Programa Federal de Auxílio a Aeroportos (Profaa), que destina verbas para custeio de obras de melhorias em infraestrutura.
No período de onze meses de 2012, o aeroporto itanhaense superou em mais de 100% o movimento registrado durante todo o ano de 2010. O complexo é o sétimo em volume de pousos e decolagens entre os aeroportos administrados pelo Governo Estadual, por intermédio do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp).

No período de janeiro a novembro de 2012, o Aeroporto de Itanhaém registrou 21.491 pousos e decolagens, contra os 8.386 de 2010. O volume também supera o movimento de 2011, que registrou 15.638 pousos e decolagens. Esses números atestam a tendência de crescimento do complexo aeroviário.

Se compararmos com os números de alguns anos atrás, a evolução fica ainda mais evidente. Em 2006 foram registrados apenas 4.183 pousos e decolagens, ou seja, em onze meses de 2012, esse volume foi superado em mais de cinco vezes.

Tal movimentação no serviço aéreo motivou uma série de investimentos por parte do Governo do Estado e da Petrobras, que usa o aeródromo como base de operações aéreas para as plataformas localizadas em alto mar. E a Prefeitura de Itanhaém vem investindo em infraestrutura urbana para atrair novos empreendimentos para a Cidade.

Crescimento das atividades do Aeroporto consolida a vocação socioeconômica de Itanhaém (Foto: Divulgação)

O Aeroporto de Itanhaém vem recebendo do Governo do Estado um investimento de R$ 9,1 milhões para obras na pista, acessos e pátio de aeronaves. As melhorias irão contemplar a construção de pista de rolamento e acessos, ampliação de pátio de aeronaves e nivelamento da faixa de pouso e decolagem.

Foi aberta também a licitação para a construção de uma nova seção de combate contra incêndios no complexo aeroviário itanhaense. A obra está orçada em R$ 1,5 milhão.

Atualmente, o aeroporto itanhaense conta com uma pista de pouso e decolagem com 1.350 metros de extensão por 30 metros de largura. É superior a do Aeroporto Santos Dumont no Rio de Janeiro e capaz de receber aviões do modelo Boeing 737, com capacidade para 100 pessoas.