Aeroporto de Itanhaém aumenta movimento em mais de 100% em dois anos

No período de onze meses de 2012, o Aeroporto Estadual Antonio Ribeiro Nogueira Júnior superou em mais de 100% o movimento registrado em 2010.

Comentar
Compartilhar
24 JAN 201317h37

No período de janeiro a novembro de 2012, o Aeroporto de Itanhaém registrou 21.491 pousos e decolagens, contra os 8.386 de 2010. O volume também supera o movimento de 2011, que registrou 15.638 pousos e decolagens. Esses números atestam a tendência de crescimento do complexo aeroviário.

Se compararmos com os números de alguns anos atrás, a evolução fica ainda mais evidente. Em 2006 foram registrados apenas 4.183 pousos e decolagens, ou seja, em onze meses de 2012, esse volume foi superado em mais de cinco vezes.

Tal movimentação no serviço aéreo motivou uma série de investimentos por parte do Governo do Estado e da Petrobras, que usa o aeródromo como base de operações aéreas para as plataformas localizadas em alto mar. E a Prefeitura de Itanhaém vem investindo em infraestrutura urbana para atrair novos empreendimentos para a Cidade.

O Aeroporto de Itanhaém vem recebendo do Governo do Estado um investimento de R$ 9,1 milhões para obras na pista, acessos e pátio de aeronaves. As melhorias irão contemplar a construção de pista de rolamento e acessos, ampliação de pátio de aeronaves e nivelamento da faixa de pouso e decolagem.

olume também supera o movimento de 2011, que registrou 15.638 pousos e decolagens. (Foto: Divulgação)

Foi aberta também a licitação para a construção de uma nova seção de combate contra incêndios no complexo aeroviário itanhaense. A obra está orçada em R$ 1,5 milhão.

Atualmente, o aeroporto itanhaense conta com uma pista de pouso e decolagem com 1.350 metros de extensão por 30 metros de largura. É superior a do Aeroporto Santos Dumont no Rio de Janeiro e capaz de receber aviões do modelo Boeing 737, com capacidade para 100 pessoas.

Aviação executiva

Em novembro de 2012 foi inaugurado no aeroporto o BR Aviation Center, um centro completo de prestação de serviços para os clientes da aviação executiva. O conceito desse empreendimento consiste em atender clientes da aviação em geral, proporcionando-lhes um tratamento personalizado. O executivo conta com uma sala VIP e um business center com sala de reunião, acesso a internet, além de atendimento na pista.

O piloto dispõe de computadores para efetuar o plano de voo. E para a aeronave, além do abastecimento, são oferecidos todos os cuidados necessários, como serviços de hangar, polimento, limpeza interna e externa, GPU e trator.

A Petrobras, que já utiliza o aeroporto como base aérea para acesso às plataformas instaladas em alto mar, está ampliando o terminal de passageiros em uma área contígua ao aeródromo, que foi alugada pela estatal. A intenção é dotar o terminal com capacidade para receber até 400 pessoas.

Vocação Socioeconomia

O prefeito de Itanhaém, Marco Aurélio, entende que a expansão das atividades do Aeroporto de Itanhaém confirma a vocação socioeconômica do Município na Região Metropolitana da Baixada Santista. “Estamos procurando planejar o futuro da Cidade. Temos um projeto que cria uma Zona de Processamento de Exportação (ZPE), em uma área próxima da Rodovia Padre Manuel da Nóbrega, com expectativa de gerar até seis mil empregos diretos”.

Outro reflexo importante diz respeito ao número de empresas, que aumentou de forma significativa nos últimos anos. Em seis anos, 1.592 novas empresas se instalaram na Cidade. “Isso também foi fruto dos investimentos que o Poder Público realizou nesse período. E vamos continuar imprimindo esse ritmo de desenvolvimento”.

Marco Aurélio planeja uma série de ações voltadas para o desenvolvimento dos bairros mais distantes do Centro. A ideia é levar infraestrutura urbana para os locais que ainda não a possuem. “Vamos dar sequência ao programa de pavimentação de vias, que atenderá na próxima etapa a região do Sion. E já foi aprovado um projeto de lei reduzindo o ISS de 52 tipos de atividades econômicas, como forma de incentivar ainda mais a vinda de novos investimentos”.

Para Marco Aurélio, o Poder Público precisa estar atento para esse momento de transformação que a Cidade atravessa. “O Governo do Estado já deu início a ampliação do Hospital Regional de Itanhaém, que aumentará a capacidade de atendimento daquele complexo. E a Prefeitura vai reforçar o efetivo de médicos e ampliar a estrutura da sua rede de saúde. A Educação terá uma atenção especial, com a construção de novas unidades. A maior escola do Município está sendo erguida no Balneário Gaivota”.