X

É DISSO QUE O POVO GOSTA

Sexo! Pesquisa aponta que liberais passarão carnaval realizando fantasias e não vestindo

Pesquisa do Sexlog revela que 72%  do seu público prefere ficar longe da aglomeração

Da Reportagem

Publicado em 09/02/2024 às 23:38

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Tem gente que prefere ficar em casa, mas é na de swing / WOMANIZER / UNSPLASH

No carnaval, você gosta de vestir a fantasia ou realizá-las? Faz o estilo passa o pano ou passa o rodo? O Sexlog, maior rede social de sexo e swing do Brasil, descobriu que 72% dos seus usuários preferem curtir a festa navegando no próprio site, assistindo e transmitindo lives, postando fotos e marcando encontros ou em casas de swing. Os outros 28%, sim, curtem sair para a rua atrás do trio e se misturando com a multidão.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O paraense Guto*, 42, tem perfil no site há mais de um ano e conta que vai investir boa parte do seu tempo conhecendo pessoas online porque quer repetir neste carnaval o sucesso do anterior.

“Em 2023, por meio do Sexlog, uma casada descobriu que estava perto de mim e me propôs um encontro sem o marido. Fomos a um barzinho e depois fizemos sexo na praia. Ela amou porque foi inédito pra ela, aquela sensação de que podia ser pega em público a qualquer momento”, diz.

A CMO do site, Mayumi Sato, relata  que a plataforma espera receber um alto volume de acessos, já que em 2023, durante os dias de carnaval, de 17 a 21 de fevereiro, foram postadas mais de 40 mil fotos e 4,4 mil vídeos, além das transmissões de mais de 30 mil livecams.

“O carnaval é a época  em que as pessoas naturalmente se sentem mais livres para explorar seus limites, inclusive na sua sexualidade. Se elas não estão prontas para colocar em prática numa casa de swing ou em um ménage, os sites de relacionamento são uma porta de entrada válida, seja para casais ou solteiros!”, diz.

Marcos*, 46, também é paraense, morador de Alenquer, mas não é grande fã do carnaval da cidade. Ele diz que prefere se esquivar da multidão e que a sua folia perfeita é com encontros casuais, com outros praticantes do sexo liberal, conhecendo novas pessoas. “Estou no site há três meses e meu plano para o feriado é procurar pessoas liberais, quero aumentar minhas experiências”, conta.

Tem gente que prefere ficar em casa, mas é na de swing!

Mas nem sempre a farra começa direto na casa de swing. Tem gente que começa o esquenta online, como é o caso de  Dharinha*, 28, e do marido Wal*, 50. Juntos há oito anos, há cinco frequentam o meio liberal têm perfil em sites de encontro e como grandes grandes fãs de pular carnaval nas casas de swing,  explicam que a preferência por esses lugares se dá por conta da segurança. “Nós sabemos com quem vamos brincar e podemos confiar nos amigos e nas pessoas na hora da brincadeira. O sexo rola solto”, contam.

Há, também, casos de pessoas que se encontram em bloquinhos e trios elétricos e acabam  a noite - ou a manhã? - cercado de outras pessoas em um ménage, numa troca de casais e até em gang bangs. O goiano Henry*, 35,  lembra saudoso de um carnaval de rua em que conheceu um casal dançando e foi parar no motel. “Tudo começou com a esposa se insinuando pra mim, o marido percebeu e gostou da ideia. Aos poucos começamos a conversar e daí veio a proposta de irmos curtir os três juntos. A festa foi uma delícia”, diz.

Atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu!

Os 28% dos usuários do Sexlog que responderam à enquete dizendo que pretendem curtir fora da internet garantem que também estão indo atrás de fechar negócio. A paranaense, Vanessa*, 25, é casada e conta que ela e o marido já estão com o abadá pronto para curtir as festas de Paranaguá, cidade onde moram.  “O carnaval perfeito para nós seria de muita pegação, gente bonita, beijo na boca e muito sexo”, diz ela.

Para esse ano, Vanessa dá um spoiler: já combinou alguns dates com casais que conheceu no Sexlog e estarão pelo litoral do Paraná. “Marquei com um casal para nos encontrarmos no sábado e com algumas meninas no bloquinho para nos conhecermos na segunda-feira e deixar rolar”, diz.

O Sexlog.com é a maior rede social de sexo e swing do Brasil, com mais de 20 milhões de usuários cadastrados. São milhares de fotos e vídeos reais publicados por dia, todos com conteúdo amador. Trocas de mensagens, convites para encontros e divulgação de eventos também fazem parte da rede, que visa proporcionar prazer para pessoas solteiras e casadas que buscam novidades na cama.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Economia

Com prejuízo de R$ 500 mi, Carrefour anuncia o fechamento de 123 lojas

Entre as unidades fechadas, 16 são hipermercados da própria marca; os demais são de bandeiras Todo Dia, Nacional e Bom Preço

Cotidiano

Congestionamento na Rodovia Anchieta já passa de 10 quilômetros

Cinco pontos do Sistema Anchieta-Imigrantes apresentam congestionamentos em direção ao Litoral; confira quais

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter