Com avanço de Ribeirão Preto e Franca, Estado inteiro está na fase amarela do Plano SP

João Doria também anunciou que o Plano São Paulo passará a ser reavaliado mensalmente

Comentar
Compartilhar
11 SET 2020Por Bruno Hoffmann - GSP13h40
Até então, o Plano SP passava por reavaliação quinzenalmenteFoto: Governo do Estado de São Paulo

O governador João Doria (PSDB) anunciou na tarde desta sexta-feira que as regiões de Franca e de Ribeirão Preto avançam da fase laranja para a fase amarela do Plano São Paulo a partir deste sábado. Com isso, todas as 22 regiões paulistas estão na fase amarela do plano de retomada econômica e social do governo do Estado.

“A progressão foi possível devido à queda acentuada dos óbitos, das internações e da taxa de ocupação dos leitos em UTIs em ambas as regiões”, disse o governador.

Doria também anunciou que o Plano São Paulo passará a ser reavaliado mensalmente, em vez de quinzenalmente, como era feito até então. Com monitoramento mais longo, acredita o governo, haverá segurança necessária para a progressão das regiões para a fase verde. A nova atualização vai ocorrer em 9 de outubro.

Caso uma região mostre uma piora significativa, essas cidades voltarão à fase vermelha do Plano São Paulo – a mais restritiva – em vez da fase laranja. “Não haverá retorno, portanto, para a fase laranja, o que aumenta a responsabilidade de prefeitos, prefeitas, secretários municipais de Saúde e da própria população”.

Na coletiva, o governador também disse que o Procon.SP vai fiscalizar abusos dos preços de arroz e de outros produtos da cesta básica, destacando que não se trata de tabelamento de preços.

“Somos um governo liberal e respeitamos a variação de preços de acordo com as regras de mercado. Os empresários têm o direito de determinar, em um regime de livre mercado, os preços dos produtos, desde que sejam respeitados o Código do Consumidor e sem abusos”.