Bolsonaro é alvo de panelaços em dia de recorde de mortes no Brasil

Diversas cidades do Brasil registraram panelaços nesta quarta contra o presidente Jair Bolsonaro

Comentar
Compartilhar
03 MAR 2021Por Folhapress23h43
Os protestos começaram às 20h30 e questionaram as ações do governo federal no combate à pandemia de covid-19Os protestos começaram às 20h30 e questionaram as ações do governo federal no combate à pandemia de covid-19Foto: REPRODUÇÃO

Diversas cidades do Brasil registraram panelaços nesta quarta-feira contra o presidente Jair Bolsonaro. Os protestos começaram às 20h30 e questionavam as ações do governo federal no combate à pandemia de covid-19. 

A manifestação estava marcada para acontecer durante o pronunciamento do presidente em rede nacional de televisão, mas foi mantido mesmo após o cancelamento do discurso. Além das panelas, os manifestantes também gritavam "fora Bolsonaro". 

De acordo com relatos e vídeos publicados nas redes sociais, os panelaços aconteceram ao menos nas cidades de São Paulo, Porto Alegre, Brasília, Salvador e Rio de Janeiro.

Em São Paulo, os protestos foram registrados em bairros das zonas sul e oeste, como Saúde, Pinheiros e Vila Leopoldina, e no Centro. A manifestação contrária ao presidente acontece no dia que o Brasil bateu novo recorde de mortes por covid-19. 

Foram 1.910 novos óbitos registrados hoje, segundo o Ministério da Saúde - 1840 segundo o consórcio de imprensa

Também nesta quarta (03), Bolsonaro disse "para a mídia, o vírus sou eu" e afirmou que a "imprensa criou pânico sobre a doença no país"....