X
Brasil

'Ai, meu Deus, não acredito', reagiu Temer ao saber de morte de Teori

Impactado com a informação, o presidente acionou o comandante da Aeronáutica, Nivaldo Rossato

"Ai, meu Deus. Não acredito". foi a primeira reação esboçada por Michel Temer / Agência Brasil

"Ai, meu Deus. Não acredito". A frase foi a primeira reação esboçada pelo presidente Michel Temer nesta quinta-feira (19) ao ser informado do acidente envolvendo o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki.

No outro lado da linha, estava um auxiliar do gabinete do ministro, que pedia ao presidente a ajuda das Forças Armadas para descobrir se ele havia morrido no acidente aéreo.

Impactado com a informação, o presidente acionou o comandante da Aeronáutica, Nivaldo Rossato, e, em silêncio, se dirigiu para cerimônia de entrega de cartas credenciais para embaixadores no país.

Visivelmente abalado, o peemedebista tentou manter semblante de normalidade durante o evento e, em duas oportunidades, foi informado por auxiliares e assessores novidades sobre o ocorrido.

A confirmação da morte só chegou ao presidente mais tarde por meio do Ministério da Defesa, quando ele já estava no gabinete presidencial acompanhado de ministros e assessores.

Com a notícia, o presidente começou a preparar com a equipe de comunicação o pronunciamento para lamentar a morte do ministro.

Em conversas reservadas, ele considerou indispensável participar das cerimônias fúnebres e evitou falar na indicação de um nome para substituir o ministro na Suprema Corte.

Segundo um auxiliar presidencial, contudo, o peemedebista indicou que deve escolher um nome "o mais rápido possível".

O ministro, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, morreu na tarde desta quinta-feira (19) em um acidente de avião na costa de Paraty (RJ).

A informação foi confirmada pelo filho do ministro Francisco Zavascki. O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro informou que ao menos três pessoas morreram na queda.

De acordo com os bombeiros, o avião permanece submerso e três pessoas ficaram presas nas ferragens. Carlos Alberto Filgueiras, dono do hotel Emiliano, também estava no avião. Não há informações até o momento sobre demais ocupantes.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

São Vicente

Demanda antiga da população, Rua Maria Pacheco Nobre recebe novo asfalto

Localizada no bairro Náutica III, via também passou por obras de drenagem, que vão melhorar o escoamento das águas pluviais

Cotidiano

Frente fria chega nessa madrugada e Região terá chuva até quarta

O domingo já começou nublado e deverá permanecer assim, com pouquíssimas aberturas de sol

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software