Viveiro de Plantas fornece mais de dez tipos de mudas para a população

Programa 'Adote uma Árvore' chega a disponibilizar uma média de 30 mudas por semana. Desde 2012, já foram doadas mais de 10 mil mudas

Comentar
Compartilhar
22 FEV 2018Por Da Reportagem13h20
Viveiro de Plantas fornece mais de dez tipos de mudas para a populaçãoFoto: Renata de Brito/PMB

Plantar árvores em via pública e ajudar a deixar Bertioga mais verde ficou mais fácil. Quem quiser colaborar com a arborização da Cidade, pode solicitar uma muda do Viveiro de Plantas Educador Ambiental Leopardo Francisco da Silva- Seo Leo", pelo o programa "Adote uma Árvore."  

A proposta do programa do Núcleo de Educação Ambiental é dar mais cor às ruas e quintais do Município. Para isso, são disponibilizadas para a população, mudas de árvores floríferas e de folhagem.

As floríferas são ideais para as calçadas e praças e as que têm frutos não são aconselháveis, pois podem cair nas calçadas e provocar acidentes. Entre as espécies disponíveis para doação estão: pata de vaca, reseda, quaresmeira, aroeira-pimenteira, pau-cigarra, ipê-rosa, ipê-branco e pau-d'alho.

Ao aderir o programa, o contribuinte deve se comprometer a cumprir as condições para plantio da muda, que é escolhida pelos técnicos do Viveiro de Plantas. O local deve oferecer condições ideais, como ter guia e sarjeta e não estar próximo a bocas de lobo. 

O "Programa Adote uma Árvore" faz parte do Plano Municipal de Arborização, que identificou as espécies existentes nas ruas e praças da Cidade e determinou a possibilidade de ampliação da arborização. Quem quiser mais informações pode acessar a Cartilha de Arborização Urbana no site da Prefeitura de Bertioga http://www.bertioga.sp.gov.br/wp-content/themes/bertioga/assets/pdf/AU6_Cartilha_AU.pdf

O viveiro chega a disponibilizar uma média de 30 mudas por semana. Desde sua criação, em 2012, o local já liberou mais de 10 mil mudas provenientes de compensações e licenciamentos ambientais e que estão aptas a serem replantadas.

De acordo com o biólogo Luís Felipe Natalio, antes de plantar uma árvore, deve-se verificar se a espécie não tem potencial invasor, que pode matar outras espécies que estiverem próximas.

"Ao chegar ao Viveiro, o munícipe deverá ser aconselhado sobre qual espécie deve ser plantada na sua residência. Eles respondem um questionário sobre se a rua é asfaltada, se já tem passeio público e qual é a distancia que fica a residência até a esquina", lembra. 

Segundo o biólogo, uma boa arborização provoca efeito sinestésico no ser humano, com a beleza, cor e sombra, o que afeta diretamente a saúde das pessoas. Além disso, as árvores protegem o asfalto, evitando as rachaduras.  

Elas retêm partículas de poluição, além de todos os demais benefícios já conhecidos, como a absorção do gás carbônico e a produção de oxigênio. As árvores também são atrativas para as aves da região, embelezam as ruas e valorizam os imóveis.

Documentação

Os interessados em adotar uma árvore devem apresentar documento com foto e comprovante de residência para fazer o cadastro na Secretaria. O Viveiro de Plantas está localizado Rua Manoel Gajo, ao lado da Delegacia de Polícia. O telefone é 3317-4599.