X

Automotor

Hyundai apresenta a linha 2023 do HB20

Automóvel de passeio mais vendido do Brasil em 2021 e 2022, Hyundai HB20 renova a frente e a traseira e incorpora tecnologias

Luiz Humberto Monteiro Pereira, da AutoMotrix

Publicado em 17/07/2022 às 08:36

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Hyundai renovou profundamente a dianteira e a traseira do hatch e também a do sedã na linha 2023 do HB20 / Luiz Humberto Monteiro Pereira/AutoMotrix

A Hyundai acaba de apresentar a linha 2023 do HB20. O primeiro Hyundai “made in Brazil”, fabricado há dez anos na cidade paulista de Piracicaba, sempre foi um sucesso e está entre os carros mais vendidos do país desde o lançamento. Contudo, desde que a segunda geração chegou ao mercado, em setembro de 2019, a frente com a grade trapezoidal com moldura cromada misturando linhas retas e curvas teve sua estética contestada. Para reagir a isso, em julho de 2020, a Hyundai apresentou a linha 2021 com contornos em preto que diminuíram o impacto visual da peça. Mas na linha 2023, que chega às concessionárias em agosto, a Hyundai resolve a questão de forma definitiva. Renovou profundamente a dianteira e a traseira do hatch e também a do sedã – que estreia um pouco mais tarde, provavelmente até outubro. De quebra, o compacto incorpora novas tecnologias de segurança – a maioria delas reservadas às versões topo de linha.

Mesmo com a polêmica estética da segunda geração, as vendas do HB20 não perderam o embalo. Pelo contrário. O modelo atingiu pela primeira vez em 2021 a liderança isolada entre os automóveis de passeio no ranking da Fenabrave, posição mantida no primeiro semestre de 2022. No ranking geral, que inclui os comerciais leves, o hatch da Hyundai foi superado apenas pela picape Fiat Strada. De janeiro a junho deste ano, o HB20 teve 42.834 unidades comercializadas. Em 2021, foram 86.455 emplacamentos.

Na linha 2023, o HB20 adota nomenclaturas de versões similares do Creta: Sense, Comfort, Limited, Platinum e Platinum Plus. O visual lembra o do i20, “primo” sul-coreano do HB20. A ampla grade hexagonal, dividida por uma faixa de carroceria, ostenta uma trama tridimensional que alterna formas trapezoidais e losangulares. Nas extremidades da grade, estão os novos faróis que se prolongam até a lateral, com luzes diurnas em leds. O para-choque ficou mais volumoso e agora abriga as luzes de seta. O capô tem frisos que integram visualmente o logo da grade ao para-brisa. A traseira traz lanternas em leds interligadas, remetendo ao estilo dos novos Hyundai Tucson e Elantra. A parte inferior do para-choque com revestimento em preto fosco ressalta as luzes de seta e de ré. A tampa do porta-malas de maiores dimensões aumenta a percepção de tamanho. Com as alterações nos para-choques, o comprimento do hatch aumentou em 7,5 centímetros, algo que harmoniza com as novas rodas de liga leve de 16 polegadas com acabamento diamantado. São seis opções de cores para a carroceria: as sólidas Branco Atlas e Preto Ebony, as metálicas Prata Brisk, Prata Sand e Cinza Silk e o tom perolizado Sapphire Blue – que era exclusivo do HB20 sedã e agora passa a estar disponível também no hatch.

Todas as versões do HB20 contam com seis airbags, freios ABS com EBD, controles de estabilidade eletrônico e tração (ESP e TCS), sinalização de frenagem de emergência, assistente de partida em rampa, controle de cruzeiro e limitador de velocidade. Dentro da cabine, completam o pacote os cintos de três pontos para todos os ocupantes, apoios de cabeça nos assentos dianteiros e traseiros com regulagem de altura, Isofix, limpador e desembaçador do vidro traseiro, travamento automático das portas e da tampa do compartimento de carga a 20 km/h, trava de segurança para crianças nas portas traseiras e destravamento automático das portas, em caso de acidente. Para as versões Limited, Platinum e Platinum Plus, estão disponíveis os recursos de monitoramento da traseira via câmera e sensor de estacionamento traseiro e acendimento automático dos faróis. E a versão Platinum Plus conta ainda com o Hyundai SmartSense, um pacote de recursos de segurança que inclui prevenção de colisões dianteira e traseira, assistência de permanência e centralização em faixa, aviso de saída segura e monitoramento de ponto cego, além de partida remota do motor e inovações em conectividade por meio do Hyundai Bluelink.     

Os motores Kappa 1.0 e Kappa 1.0 TGDI, na configuração de três cilindros com 12 válvulas, são os mesmos já utilizados desde 2019. O Kappa 1.0 TGDI é a evolução da versão aspirada tradicional, agregando, além do turbocompressor, injeção direta e intercooler. Entrega até 120 cavalos com gasolina ou etanol a 6 mil rpm e um torque de 17,5 kgfm com gasolina ou etanol a 1.500 rpm.

Os preços do novo HB20 partem de R$ 76.690 (R$ 79.290 no Estado de São Paulo) na versão básica Sense com motor aspirado 1.0 12V Flex e câmbio manual de 5 marchas. Com o mesmo “powertrain”, há ainda as configurações Comfort (R$ 79.990 / R$ 82.690 em SP) e Limited (R$ 85.490 / R$ 88.390 em SP). Com o turbo 1.0 TGDI 12V Flex, tem a versão com câmbio manual de 6 marchas – a Comfort (R$ 93.790 e R$ 96.990 em SP) – e três com câmbio automático de 6 marchas – a Comfort (R$ 99.390 e R$ 102.790 em SP), a Platinum (R$ 105.390 e R$ 108.990 em SP) e a Platinum Plus (R$ 114.390 e R$ 118.390 em SP).

Os motores Kappa 1.0 e Kappa 1.0 TGDI, na configuração de três cilindros com 12 válvulas, são os mesmos já utilizados desde 2019
Os motores Kappa 1.0 e Kappa 1.0 TGDI, na configuração de três cilindros com 12 válvulas, são os mesmos já utilizados desde 2019 ( Luiz Humberto Monteiro Pereira/AutoMotrix)  

Experiência a bordo
Funcionalidade tecnológica

No HB20 Platinum Plus, os bancos contam com uma mistura de couro e tecido pretos com outros elementos revestidos em couro – volante, manopla, apoio de braço no console central e acabamento das portas. O novo Supervision Cluster, disponível a partir da versão Platinum, é um painel de instrumentos com 4,2 polegadas totalmente digital, colorido e interativo, que disponibiliza três opções de cor de fundo para escolha do motorista e a configuração personalizada de itens de segurança e conforto. O ar-condicionado digital é automático, com três níveis de intensidade. A central multimídia blueMedia traz tela de 8 polegadas em estilo flutuante, mas não conta com as câmeras laterais do Creta, que permitem a chamada “visão 360 graus”. São três entradas USB, sendo uma delas tipo A e as outras duas tipo C, uma disponível para os passageiros traseiros. Há opção de carregamento por indução (sem fio) da bateria do celular no console central.

Com o sistema Hyundai Bluelink, reconhecimento de voz e possibilidade de conectar Google Android Auto e Apple CarPlay sem fio, motorista e passageiros podem ficar conectados onde quer que estejam. A partida remota do motor confere a conveniência de climatizar o carro à distância usando a chave presencial. Para acionar o motor, o cliente deve pressionar o botão para travar as portas do carro e, em seguida, manter pressionado o botão de partida remota por três segundos. A chave presencial também permite o travamento e abertura das portas por proximidade, com o toque de um botão na maçaneta, e a partida do motor por botão no painel.

A traseira traz lanternas em leds interligadas, remetendo ao estilo dos novos Hyundai Tucson e Elantra
A traseira traz lanternas em leds interligadas, remetendo ao estilo dos novos Hyundai Tucson e Elantra ( Luiz Humberto Monteiro Pereira/AutoMotrix)

Primeiras Impressões
Nas pistas da evolução

Elias Fausto/SP -  A avaliação da versão Platinum Plus do HB20 foi feita no Circuito Panamericano, o maior complexo multipistas da América Latina, localizada na cidade paulista de Elias Fausto. Na configuração “top”, o hatch da Hyundai mantém a performance convincente proporcionada pela boa parceria do motor 1.0 Turbo GDI e o câmbio automático de 6 velocidades com borboletas no volante. Como o bom torque máximo de 17,5 kgfm está disponível praticamente em qualquer giro, o hatch acelera com vontade e ultrapassagens e acelerações são feitas de forma eficiente e segura. As passagens de marchas do câmbio automático são precisas e o compacto ganha velocidade rápida e progressivamente, com a possibilidade de mudanças manuais no volante. A suspensão preserva um equilíbrio entre conforto e controle, sem inclinar muito o veículo em curvas velozes. O sistema Stop & Go de parada e partida automática do motor auxilia na economia de combustível.

Também foi possível testar as novas tecnologias do HB20 no Circuito Panamericano. Na versão Platinum Plus, o pacote de segurança avançada SmartSense ganhou o Assistente de Centralização em Faixa, que monitora a posição do carro em relação à sinalização horizontal de trânsito e ao veículo à frente, atuando de forma autônoma no volante para manter o carro centralizado na faixa de rodagem. O Assistente de Tráfego Cruzado Traseiro ajuda a evitar colisões ao sair de uma vaga em ré, usando radares que detectam e, emitem um aviso sonoro quando um veículo se aproxima e até mesmo freiam o carro, se necessário. O Alerta de Saída Segura emite avisos se um veículo for detectado no momento em que um ocupante abre a porta para sair. E o Assistente de Ponto Cego usa sensores para indicar ao motorista a existência de veículos nos pontos cegos, feitas diretamente nos espelhos externos, e pode automaticamente controlar o veículo para reduzir o risco de uma colisão ao mudar de faixa. O Sistema de Alerta e Frenagem Autônomo já era disponibilizado na versão todo de linha do HB20, mas agora também detecta ciclistas.

No HB20 Platinum Plus, os bancos contam com uma mistura de couro e tecido pretos com outros elementos revestidos em couro  volante, manopla, apoio de braço no console central e acabamento das portas
No HB20 Platinum Plus, os bancos contam com uma mistura de couro e tecido pretos com outros elementos revestidos em couro – volante, manopla, apoio de braço no console central e acabamento das portas ( Luiz Humberto Monteiro Pereira/AutoMotrix)   

Ficha Técnica
Hyundai HB20 Platinum Plus

Motor: 1.0 Kappa Turbo GDI, dianteiro, transversal, gasolina e etanol, 3 cilindros em linha e 12 válvulas, injeção direta de combustível e intercooler
Taxa de compressão: 10,5:1
Potência: 120 cavalos com gasolina ou etanol a 6 mil rpm
Torque: 17,5 kgfm com gasolina ou etanol a 1.500 rpm
Transmissão: automática de 6 velocidades, com possibilidade de trocas sequenciais por meio de “paddles shifts” no volante
Freios: frontal com discos ventilados e traseira com tambor
Direção: elétrica
Suspensão: dianteira MacPherson, independente com barra estabilizadora e traseira com eixo de torção
Rodas e pneus: liga leve com pneus 195/55 R16
Dimensões: 3,94 metros de comprimento, 1,72 metro de largura (sem retrovisores), 1,47 metro de altura e 2,53 metros de entre-eixos
Porta-malas: 300 litros
Tanque: 50 litros
Peso em ordem de marcha: 1.090 quilos
Preço da versão Platinum Plus: R$ 114.390 (R$ 118.390 em SP)

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Cocaína é encontrada em casco de navio no Porto de Santos

Foram encontrados 64 tabletes de cocaína no sea chest do navio, compartimento localizado no casco

Santos

Praiamar Shopping recebe exposição de carros antigos

Chamada 'Carona para o Passado', mostra terá 16 veículos consagrados da Volkswagen expostos na Praça Central do mall a partir da próxima quinta-feira (18)

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software