Banner Codevida

Morre torcedor palmeirense esfaqueado em briga após clássico

Após atendimento de emergência foi levado ao centro cirúrgico. O paciente seguiu instável e veio a óbito nesta manhã

Comentar
Compartilhar
13 JUL 2017Por Folhapress17h30

O torcedor do Palmeiras Leandro de Paula, 38, morreu na manhã desta quinta-feira (13) após ser esfaqueado durante a madrugada em briga com corintianos. Ele passou por cirurgia, mas não resistiu. A confusão foi depois do clássico realizado na quarta-feira (12), no estádio Allianz Parque.

"O paciente foi atendido no pronto-socorro da Santa Casa de São Paulo, vítima de ferimentos por arma branca. Deu entrada em estado grave, com instabilidade hemodinâmica, necessitando intervenção cirúrgica.

Após atendimento de emergência foi levado ao centro cirúrgico. O paciente seguiu instável e veio a óbito nesta manhã", confirmou a assessoria de imprensa da Santa Casa.

Leandro e dois amigos voltavam de carro para casa no bairro Valparaiso, em Santo André (ABC Paulista), por volta da 0h30. O trio começou a ser xingado por corintianos quando parou o carro no sinal vermelho, segundo um dos amigos da vítima que pediu para não ser identificado.

Segundo o jovem, Leandro ficou irritado e desceu do carro para discutir com os três corintianos que aparentavam estar estar bêbados. Um deles estava com um facão na mão, partiu para cima da vítima e a esfaqueou duas vezes na região do abdômen.

A discussão foi em frente a uma borracharia próximo à Rua Tupi e a Avenida General Olímpio da Silveira, sob o Minhocão.

Colunas

Contraponto