08h : 45min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Desempenho de 2º tempo põe o São Paulo em alerta contra o Santos

Nas derrotas para Atlético-PR (1 a 0) e Vitória (2 a 0) caiu de produção nos últimos 45 minutos e acabou sofrendo os fatídicos gols

Comentar
Compartilhar
13 OUT 2016Por Gazeta Press19h30
Maicon garantiu que o São Paulo está preparado para jogar bem as duas etapas contra o SantosFoto: Djalma Vassão/Gazeta Press

O São Paulo está preocupado com seu desempenho durante o segundo tempo das partidas do Campeonato Brasileiro. Nas derrotas para Atlético-PR (1 a 0) e Vitória (2 a 0) caiu de produção nos últimos 45 minutos e acabou sofrendo os fatídicos gols. Já no empate diante do Sport (1 a 1), o Tricolor quase levou a virada na parte final do duelo.

Por isso, o time treinado por Ricardo Gomes está em alerta para o clássico contra o Santos, marcado para esta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), no Pacaembu. Questionado sobre em que nível o elenco são-paulino se encontra fisicamente, o zagueiro Maicon garantiu que os jogadores estarão aptos para desempenhar bem suas funções nas duas partes do San-São.

“Claro que nos últimos jogos a gente tem caído um pouco, mas na segunda parte contra o Sport tivemos oportunidades de efetuar jogadas de gols. É claro que a equipe deu uma caída significante, mas o time vai estar bem preparado para apresentar um alto nível nas duas etapas contra o Santos”, assegurou o defensor.

Além da necessidade de um resultado positivo por ser um clássico, o São Paulo visa vencer para se afastar da zona de rebaixamento. A nove rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, o clube do Morumbi ocupa o 14º lugar, com 36 pontos, apenas três acima do grupo de descenso.

Ao mesmo tempo em que rivais diretos da parte debaixo da tabela, como Internacional e Cruzeiro, vem reagindo, com duas vitórias consecutivas, pressionando ainda mais o clube do Morumbi.

“Temos que fazer a nossa parte. Se a gente fizer, eles não conseguirão nos alcançar”, disse o camisa 27, esquecendo-se de que o Cruzeiro ultrapassara o São Paulo na última rodada, contabilizando uma vitória a mais do que o clube paulista.

“Temos nosso objetivo traçado, que é fazer o maior número de pontos possível nos jogos que temos. O importante é fazermos o nosso e esquecermos o deles”, concluiu o zagueiro.

Colunas

Contraponto

Construtora CredLar