Após 'novela', Santos confirma empréstimo de Caju ao Lille por R$ 500 mil

Se o lateral esquerdo atuar por 14 jogos no time de Marcelo Bielsa, o time alvinegro ainda receberá uma compensação financeira de cerca de R$ 15 milhões

Comentar
Compartilhar
31 AGO 2017Por Diário do Litoral18h13
A saída de Cajú pode gerar um lucro de até R$ 17 milhõesFoto: Divulgação/Santos FC

O Santos, enfim, confirmou o empréstimo de Caju ao Lille (FRA). O jogador tinha tudo certo para se transferir com o volante Thiago Maia, em julho, mas acabou sendo reprovado nos exames médicos. Após período de incerteza com a situação física do lateral, o time francês decidiu seguir em frente com o negócio e sacramentou a transação nesta quinta-feira (31).

A saída do jogador pode gerar um lucro de até R$ 17 milhões. Pelo empréstimo imediato, o clube alvinegro receberá uma compensação de 500 mil euros (quase R$ 2 milhões). Se Caju atuar por 14 jogos na temporada 2017/2018, o time do técnico Marcelo Bielsa é obrigado a comprar seus direitos econômicos por 4 milhões de euros (cerca de R$ 15 milhões), conforme previsto no contrato.

A definição da “novela” foi encarada com surpresa nos bastidores. Após quase um mês e meio de indefinição, o Santos acreditava que o negócio não seria fechado, já que Caju apresentou problemas no púbis e na panturrilha, além de uma diferença de força entre as duas pernas. O Lille, porém, fez outros testes físicos com o jogador nos últimos dias e optou pela continuidade do negócio.

Revelado nas categorias de base do Peixe, Caju foi promovido ao time profissional em 2014. Ele teve bom início sob o comando de Ederson Moreira, chegou a ser convocado para as seleções de base, mas foi perdendo espaço. Nesta temporada, o lateral foi opção em apenas três partidas e não marcou gols.

Mesmo com a saída do atleta, o Peixe segue com boas opções para o setor. Medalhista olímpico, o jovem Zeca é o titular absoluto. Além dele, o técnico Levir Culpi tem à disposição o meia Jean Mota, que atuou improvisado no setor por diversas vezes nesta temporada e correspondeu à altura. Matheus Ribeiro, recém-contratado junto ao Atlético-GO, também já foi utilizado na lateral esquerda neste ano.

Colunas

Contraponto