Santos

Cartunista Mort Walker, criador de 'Recruta Zero', morre aos 94 anos

Segundo Bill Morrison, presidente da Sociedade Nacional de Cartunistas dos EUA, a causa da morte foi pneumonia.

Comentar
Compartilhar
28 JAN 2018Por Folhapress11h20

Criador da tirinha "Recruta Zero", o cartunista Mort Walker morreu ontem (27), aos 94 anos, em Stamford (Connecticut), Estados Unidos. Segundo Bill Morrison, presidente da Sociedade Nacional de Cartunistas dos EUA, a causa da morte foi pneumonia. As informações são do jornal "The Washington Post".

"Recruta Zero", sua criação mais conhecida, trata de um bando de soldados preguiçosos e ineficientes de um acampamento militar.

O personagem principal circulava com os olhos escondidos debaixo do quépe ou do capacete
A tirinha, sátira contra o autoritarismo, começou a circular em 1950 e atingiu 200 milhões de leitores por meio de mais de 1.800 jornais que a republicaram, em cerca de 50 países.

Segundo dois colaboradores de Walker, a tirinha não será descontinuada. Além dos quadrinhos, ela também deu origem a desenhos para a TV, brinquedos e jogos.

Quatro anos após criar "Recruta Zero", Walker criou a tirinha "Hi & Lois", sobre uma família suburbana.

EXPERIÊNCIA NA GUERRA

Terceiro filho de um arquiteto, Walker nasceu em 1923, no Estado do Kansas. Costumava acompanhar os pais em redações de jornal e, aos 12, passou a assinar as próprias tirinhas em revistas locais.

Convocado a servir o Exército americano em 1942, quando o país entrou na Segunda Guerra, foi responsável por dirigir um campo de prisioneiros alemães na Itália.

Walker costumava dizer que essa experiência o havia dado inspiração para a criação de "Recruta Zero", cinco anos depois do fim da guerra.

Em 1974, arrecadou fundos para a criação do primeiro museu destinado aos cartuns, na cidade de Greenwich, Estado de Connecticut.

Colunas

Contraponto