Entrada da Cidade

Agora sai? Residencial Tancredo Neves deve ser entregue em novembro

Ao público presente, Alckmin prometeu que nos próximos meses São Vicente ganhará o primeiro AME Mais

Comentar
Compartilhar
06 OUT 2017Por Rafaella Martinez11h00
Governador Geraldo Alckmin entrega casas em São VicenteFoto: Rodrigo Montaldi/DL

Marcada por emoção e muitas promessas, a cerimônia de entrega das chaves dos 500 apartamentos do Residencial Penedo Primavera aconteceu debaixo do sol forte de ontem e contou com a presença do governador Geraldo Alckmin. Ao público presente, Alckmin prometeu que nos próximos meses São Vicente ganhará o primeiro AME Mais e daqui a 50 dias inaugurará o Residencial Tancredo Neves (que abrigará 1.120 famílias da cidade).

“São Paulo é o único Estado brasileiro que investe 1% do ICMS em habitação de interesse social. Estamos ajudando a concretizar o sonho de várias famílias. Até o final de novembro entregaremos mais 1.120 apartamentos no Tancredo Neves”, disse o governador Geraldo Alckmin.

As primeiras unidades do Conjunto Residencial Tancredo Neves estavam previstas para serem entregues em junho do ano passado. Já as obras do Primavera Penedo se arrastaram por mais de 10 anos, entre episódios de falência de empreiteira, saques, invasões e reintegrações de posse.

Os empreendimentos entregues contam com investimento total de R$ 66,5 milhões e integram o Programa de Recuperação Socioambiental da Serra do Mar. Foram 193 unidades para famílias removidas de áreas de risco e frentes de obras públicas que recebiam auxílio moradia. As outras 307 unidades vão atender pessoas inscritas em programas habitacionais municipais.

“As famílias contempladas pagarão entre R$140,00 e R$400 ao longo de 25 anos. O valor depende da renda familiar. No total, cada apartamento tem um valor financiado de R$ 133 mil, onde o Estado dá um subsídio de R$900,00”, conta Rafael Redó, gerente do Núcleo Regional de Santos da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU).

As 500 unidades possuem dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro, distribuídos em 53,05 m² de área construída. Cada imóvel conta com piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos até o teto no banheiro e nas paredes da cozinha.

PROTESTO

Após a cerimônia, o governador Geraldo Alckmin seguiu para Santos, onde entregou 57 viaturas ao Comando de Policiamento do Interior (CPI-6). O ato foi marcada por um protesto Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (apeoesp).

Os manifestantes chegaram a fechar uma via do canal, em protesto contra o fechamento de duas escolas do Estado em Santos - a Cleobulo Amazonas Duarte, na encruzilhada e a Brás Cubas, no Marapé - além de outras duas em Guarujá: a Rene Rodrigues de Moraes no Jardim Helena Maria e a Jardim Primavera 2, no bairro Primavera. A alegação do governo para a medida é o alto índice de evasão de alunos desses colégios.

Emoção marca entrega dos apartamentos

Sentada em um dos poucos bancos plásticos disponíveis para o público presente na cerimônia, dona Maria de Lourdes da Silva não conseguia esconder a emoção. “Moro há 30 anos no Pilões, em Cubatão, e agora estou tendo a oportunidade de ter a minha casinha. Sempre sonhei com esse dia”, conta.

A alegria é a mesma que a de Andreia Caroline, que passou a adolescência ao lado das obras inacabadas do Primavera Penedo. “Eu cresci olhando ­aqueles prédios e pensando que era um absurdo eles estarem abandonados. Hoje eu estou aqui com meus filhos, recebendo a chave da minha casa”,­ ­conta.

Vanessa da Cruz pretende fazer a mudança o quanto antes. Moradora da Vila Charms, ela espera encontrar no espaço um novo ambiente para criar os seis filhos. “O lugar onde a gente mora hoje está infestado de ratos e baratas. É muito ruim. Fiz meu primeiro cadastro em 1996 e agora vou escrever um novo capítulo da minha história”, conta.

Coube a aposentada Maria Fontes Carregosa Oliveira, de 78 anos, inaugurar o primeiro bloco dos novos conjuntos de São Vicente. “Estou realizada e muito feliz”, disse emocionada.

AME deve ser inaugurado no aniversário de SV

São Vicente deverá ser a primeira cidade da região a receber um AME Mais. O decreto autorizando a instalação do ­equipamento em um prédio comercial ainda em fase se construção na Avenida Presidente Wilson foi assinado nesta quarta-feira e a entrega do equipamento deverá acontecer, de acordo com o prefeito Pedro Gouvêa, no aniversário da cidade, comemorado no dia 22 de janeiro.

O Ambulatório Médico contará com 26 especialidades médicas, tais como cardiologia, neurologia e pediatria, além de possuir um centro cirúrgico com anestesista e serviços de diagnóstico por imagem, funcionando nos moldes de um ‘Hospital Dia’.

“Com o AME Mais, que atenderá não apenas São Vicente mas todo o Litoral Sul do Estado de São Paulo, queremos reduzir a ­lista de espera para consultas e ­cirurgias simples, além  de desafogar as demandas dos outros ­hospitais da região”, afirma ­Alckmin.

De acordo com o governador, os AMEs são o serviço de saúde mais bem avaliado e a unidade de São Vicente será a 59ª do Estado de São Paulo. A instalação do equipamento foi possível a partir da articulação do deputado estadual Caio França.

 

Colunas

Contraponto