Promo DL

Americano cria comitê para campanha de Dwayne Johnson, 'The Rock', à Presidência dos EUA

Em maio, Dwayne Johnson surpreendeu a todos quando declarou que gostaria de concorrer à Presidência dos Estados Unidos em entrevista à revista "GQ". "Acho que é uma possibilidade real"

Comentar
Compartilhar
12 JUL 2017Por Folhapress13h49
Em maio, Dwayne Johnson surpreendeu a todos quando declarou que gostaria de concorrer à Presidência dos Estados Unidos em entrevista à revista "GQ".Foto: Divulgação

Um morador de Virgínia Ocidental criou um comitê de campanha presidencial para o ator Dwayne Johnson, conhecido como "The Rock", no último domingo (9).

De acordo com a Comissão Eleitoral americana, o consultor político e escritor independente Kenton Tilford, 26, formalizou o pedido da campanha do ator como "Run The Rock 2020".

"Eu tenho discutido (esse comitê) com amigos há algum tempo, mas finalmente decidi criar o comitê porque a América está incrivelmente dividida", disse Tilford à "CNN", em uma entrevista por e-mail.

"Eu sei que é quase um clichê neste momento, mas acho que é trágico que nosso presidente [Donald Trump] não tem feito um esforço sério para unir o país. Com esse nível de raiva, acredito que precisamos desesperadamente de um líder que possa unir, e não apenas ter uma pequena base de apoiadores", disse Tilford.

O objetivo geral do comitê é "construir uma comunidade para mostrar que o Sr. Johnson que tem uma incrível popularidade como ator e como figura pública que pode se traduzir em política de forma perfeita", disse Tilford à "CNN". "E espero que isso o influencie para concorrer ao pleito em 2020".

Em maio, Dwayne Johnson surpreendeu a todos quando declarou que gostaria de concorrer à Presidência dos Estados Unidos em entrevista à revista "GQ". "Acho que é uma possibilidade real", disse Johnson à publicação.

O ator, que diz não ter votado nem em Donald Trump nem em Hilary Clinton, afirma que se "fosse presidente, o equilíbrio seria importante". "A liderança seria importante, assumindo a responsabilidade por todos", disse o astro do recém-lançado filme "Baywatch", estrelado também por Zac Efron.

Colunas

Contraponto