X

Variedades

Novo clipe de SYHMOM, 'Cobra peçonhenta' mira na jugular dos traíras

Com videoclipe alucinante em que o artista interpreta três papéis, música detona todas as pessoas falsas que nos cercam

Da Reportagem

Publicado em 02/04/2024 às 20:44

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Nascido em São Paulo, Evaldo Rodrigues da Silva, assumiu o nome artístico de SYHMOM em 2015, quando participava de montagens musicais no teatro / Divulgação

Nesta terça-feira (2), SYHMOM lançará seu novo single, "Cobra Peçonhenta". Sendo um alerta a quem se sente confortável com a maldade e malícia de quem quer lhe destruir neste mundo.

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

Todo e qualquer tipo de relacionamento tem seus desafios. E foi a partir de uma dissimulação que nasceu a letra. “Escrevi o refrão de ‘Cobra Peçonhenta’ em 2015 durante um relacionamento amoroso complicado. Mas foi em 2018, após uma disputa eleitoral conturbada, que completei os versos e concluí a composição desta música, que dá margem a diversas interpretações. Quem nunca se magoou com um amigo ou se decepcionou com um familiar? Tem esse cunho, de verbalizar sobre falsidade, traição e desconfianças dentro das relações que construímos”, explica o cantor e compositor. 

Como fã de música pop, SYHMOM buscou inspiração e referências em clipes de nomes internacionais como Destiny’s Child e SZA. O roteiro do videoclipe – dirigido por Luciano Teck – percorre três histórias que, apesar de não seguirem uma cronologia, dialogam tematicamente entre si. O cantor interpreta alguns papeis: o político, sua persona dark (com direito a olhos de cobra) e um animal peçonhento em um ambiente perturbador – tudo isso graças ao trabalho de arte e maquiagem de Letícia Costa. 

Cantor e compositor santista Luccas Galante lança primeiro single autoral

“Faço três personagens. Começo como um desses personagens da política que conhecemos bem. Sempre em propagandas com aquela luz bonita, com gestuais comedidos e sorrisos falsos. E daí vou fazendo um paralelo com uma personalidade mais sombria. E me transformo nesse bicho selvagem e rastejante no meio do mato, sem qualquer glamour. Como a letra é muito autoexplicativa, acredito que cada um que ouvir a música e assistir ao clipe vai relacionar a vivências muito pessoais”, acredita SYHMOM.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Letra de “Cobra Peçonhenta”:
Desconfie desse rosto invocado
Desse ego inflado de canto sorri
O ambiente baixa tanto a energia
Que toda a alegria parece sumir

Vai chegando de mansinho como amigo
Isso é um perigo quer te seduzir

Rastejando e ganhando confiança
Vem conforme a dança pra te derrubar

Fuja desse mal, desse animal
Corra para os montes
Livre-se isso é cobra peçonhenta
Veneno letal, dói que nem punhal
Réptil traiçoeiro, pronto a dar o bote bem ligeiro

Fuja desse mal, desse animal,
Corra, se esconda
Livre-se isso é cobra peçonhenta
Veneno letal, dói que nem punhal
Réptil traiçoeiro, pronto a dar o bote bem ligeiro

Sobre o artista

FUN7 comemora o sucesso do single 'Foi Bom Demais' com HITMAKER

Nascido em São Paulo, Evaldo Rodrigues da Silva, assumiu o nome artístico de SYHMOM em 2015, quando participava de montagens musicais no teatro. Entre 2017 e 2018 lançou os singles “Amanhã” e “Baba”, releitura moderna do sucesso da cantora Kelly Key. Em preparação para o lançamento de seu primeiro álbum, o artista soltou as faixas “Aos Poucos” e “Café” em 2020, mas o projeto foi adiado por conta da pandemia de covid-19. 

No segundo semestre de 2023, o artista retomou a divulgação de suas canções e do futuro álbum com uma versão de “Coração Labirinto”, originalmente gravada pelo compositor em 2016. Além disso, o novo ano começou com um show dedicado a Djavan, uma de suas referências musicais, dentro do projeto “Jazz Sessions | By Jazz Mansion” no Bourbon Street, casa de espetáculos que revela diversos artistas da cena independente.

E agora SYHMOM vive o momento de preparar seu trabalho de estreia – totalmente autoral. “Já estou programando o lançamento do meu primeiro álbum, onde apresentarei 14 músicas, sendo dez inéditas, com o melhor do pop, pitadas de MPB e pop funkeado. Em seguida virão pelo menos três datas de shows de lançamento deste álbum. Tudo isso no primeiro semestre de 2024”, promete.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

REGIÃO NORTE

Embarcação com vários corpos em decomposição é encontrado no Pará

A Polícia Federal já esta ciente do caso e as investigações já foram iniciadas

Esportes

Preparo físico sem lado mental não garante sucesso esportivo, afirma especialista

Psicológico é um ponto-chave nos Jogos Olímpicos de Paris

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter