X

Cultura

Santos Carnaval 2024 terá mudanças

"Essas mudanças, feitas em comum acordo com a Liga, visam aumentar a competitividade do nosso carnaval", afirmou o secretário de Cultura, Rafael Leal

Da Reportagem

Publicado em 20/09/2023 às 10:45

Atualizado em 20/09/2023 às 11:25

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

O calendário de atividades do samba santista teve mais um evento de sucesso, no sábado (16) / Carlos Nogueira/PMS

O calendário de atividades do samba santista teve mais um evento de sucesso, no sábado (16), com a realização da Festa de Lançamento do Santos Carnaval 2024. Durante quase 12 horas, o público curtiu as apresentações das 15 escolas de samba que disputam o Carnaval da Cidade e shows de músicos da região e do cantor Zeca Pagodinho. Coube a bateria da Grande Rio fazer o encerramento com ‘chave de ouro’.

Além de música boa e feijoada à vontade, o dia foi marcado por anúncios de novidades para o desfile de 2024. “Este ano, vamos pagar em parcela única a contribuição da prefeitura às escolas de samba”, afirmou o prefeito de Santos, Rogério Santos. "Com a energia de hoje, tenho certeza que faremos mais um belíssimo espetáculo cultural".

Durante o evento, o secretário de Cultura, Rafael Leal, detalhou modificações para a disputa em 2024. O número de julgadores por quesito vai subir de três para quatro. Outra mudança é o número obrigatório de carros alegóricos que cada escola deverá levar para a passarela: dois no Grupo de Acesso e três no Grupo Especial.

A fórmula de descenso na disputa do ano que vem também vai mudar. No Carnaval 2024, as duas últimas colocadas do Grupo Especial vão cair para o Grupo de Acesso. Para o ingresso à elite do samba santista nada muda: apenas a campeã do Acesso sobe para o Especial. “Essas mudanças, feitas em comum acordo com a Liga, visam aumentar a competitividade do nosso carnaval”, afirmou o secretário de Cultura, Rafael Leal.

Outro ponto destacado durante a festa foi o trabalho em conjunto entre a prefeitura de Santos e a Liga Independente Cultural das Escola de Samba de Santos (Licess). “Os presidentes das agremiações foram à Brasília, na semana passada, para buscar parcerias com o Governo Federal, visando melhorar o Carnaval dos próximos anos. Acredito que esta união entre diferentes poderes públicos vai render coisas boas”, comentou o presidente da Licess, Fábio Przygoda.

O dia de festa também teve espaço para duas homenagens. O Embaixador e Cidadão Samba de 1993, Sérgio Raimundo Marcelino, o Caju, recebeu uma placa pelos 55 anos dedicados ao samba. Foi respeitado também um minuto de silêncio, em memória ao General do Samba, Ildefonso dos Santos Filho, que morreu na última sexta-feira (15).

A Festa de Lançamento do Santos Carnaval 2024 foi uma realização da Liga Independente Cultural das Escola de Samba de Santos (Licess) com apoio da Secretaria de Cultura (Secult).

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Rodovia dos Imigrantes tem estrada 'oculta' e cachoeira magnífica

Porém, é importante dizer que a visitação ao local é proibida, mesmo com algumas pessoas postando fotos e vídeos lá

Nacional

Nunes lidera corrida eleitoral em SP, seguido por Boulos e Tabata

Atual prefeito tem 26% das intenções de voto do eleitorado paulistano; Boulos aparece com 17%, seguido por Tabata, com 10%

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter