Trabalhadores Portuários anunciam greve para o dia 19 de março

Anuncio foi feito em Brasília. Categorias alegam que negociações com Governo estão lentas

Comentar
Compartilhar
06 MAR 201317h39

Portuários anunciaram hoje (6) uma nova paralisação em 36 portos brasileiros para o próximo dia 19. O presidente da Força Sindical, deputado federal Paulinho da Força (PDT-SP), disse que a decisão foi tomada ontem (5) à noite, em reunião plenária da categoria. Ainda segundo o sindicalista, será uma greve de advertência para forçar a negociação com o governo.

O governo e os representantes dos trabalhadores do setor portuário fecharam no dia 22 de fevereiro acordo para suspender as greves até o próximo dia 15 de março. O período deveria ser usado para negociação da Medida Provisória (MP) 595/2012, chamada MP dos Portos, que estabelece novo marco regulatório para o setor, mas que enfrenta a resistência dos sindicatos. Os trabalhadores acusam a proposta de privatizar a atividade portuária.

“Estamos achando que essa negociação [com o governo] está muito devagar. A pauta nossa era para ser cumprida até o dia 15 [de março] e provavelmente não será”, justificou Paulinho da Força. Os portuários querem mudanças no texto da MP, que está sendo discutida em uma comissão mista de deputados e de senadores no Congresso, primeira etapa do processo legislativo para as medidas provisórias.

Leia esta matéria completa na edição desta quinta-feira (7) do Diário do Litoral.

Portuários anunciaram uma nova paralisação em 36 portos brasileiros para o próximo dia 19 (Foto: Matheus Tagé/DL)