Festa do Dia do Trabalho reuniu milhares de pessoas na Zona Noroeste

Além dos shows, ocorreram protestos pedindo o fim do fator previdenciário, reajuste digno para aaposentados, redução de jornada de trabalho, entre outros

Comentar
Compartilhar
29 ABR 201410h58

Milhares de trabalhadores compareceram domingo, no Sambódromo da Zona Noroeste, para a festa antecipada do Dia do Trabalho, promovida pela Força Sindical.

O prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, vereadores e os deputados federais Paulo Pereira da Silva, Márcio França e Protógenes Queiroz, prestigiaram o evento. Sindicalistas de São Paulo também participaram da festa, entre eles o Presidente da Federação dos Químicos, Sergio Leite e o presidente do Sindicato da Construção Civil, Antonio Ramalho.

Herbert Passos Filho, presidente dos químicos da Baixada Santista e diretor da Força Sindical, disse que aproximadamente 30 mil pessoas passaram pelo local do evento durante toda a tarde e noite.

Além dos shows, ocorreram protestos pedindo o fim do fator previdenciário, reajuste digno para aaposentados, redução de jornada de trabalho, entre outros.

Foram sorteados vários prêmios. O mais cobiçado foi um carro zero, cujo ganhador foi um funcionário público de Santos. “Santos manteve sua tradição na comemoraação do Dia do Trabalho, da qual a cidade é pioneira”, concluiu Herbert Passos.

Festa antecipada manteve tradição de Santos (Foto: Matheus Tagé/DL)