Praia Grande supera meta de vacinação contra HPV

Mesmo após atingir a importante marca, as doses seguem disponíveis nas unidades de Saúde da Família (Usafas) e Multiclínicas da Cidade

Comentar
Compartilhar
25 ABR 201418h43

Praia Grande superou a meta de imunização da Campanha de Vacinação contra o Papiloma Vírus Humano (HPV) em meninas de 11 a 13 anos estipulada pelo Ministério da Saúde. Mesmo após atingir a importante marca, as doses seguem disponíveis nas unidades de Saúde da Família (Usafas) e Multiclínicas da Cidade.

De acordo com dados da Secretaria de Saúde Pública de Praia Grande (Sesap), já foram vacinadas aproximadamente 6 mil meninas desde o início da ação. Com as doses disponibilizadas até o momento, o Município atingiu cerca de 85% do público alvo e superou a meta estipulada pelo Ministério da Saúde, de 80%.

A chefe do setor de Imunização da Sesap, Denise Ribeiro Rodrigues Gatto, ressaltou a organização do esquema de vacinação como fator determinante para que a Cidade pudesse superar o índice. “Nenhum problema foi registrado durante toda a campanha. Praia Grande conta com estoque de vacinas nas unidades e seguirá com os trabalhos”.

Praia Grande superou a meta de imunização da Campanha de Vacinação contra o HPV (Foto: Divulgação/PMC)

A Sesap organizou um cronograma específico para a vacinação. Foram visitadas 48 escolas, 28 municipais e 20 estaduais, na campanha. A definição de locais e datas levou em conta questões relacionadas à logística dos trabalhos e beneficiou diretamente o público alvo da ação.

Planejamento

A dose contra o HPV será aplicada em três fases. A primeira aplicação ocorreu até dia 10 de abril; a segunda, seis meses após o início dos trabalhos e a terceira, cinco anos depois. Em 2015, meninas de 9 a 11 anos serão o foco principal. A partir de 2016, a ação estará restrita apenas às jovens de 9 anos.

Prevenção

Ao longo dos últimos anos, o Programa Municipal de DST/AIDS e Hepatites da Sesap tem desenvolvido atividades contínuas de prevenção, orientação e informação sobre doenças sexualmente transmissíveis. As campanhas em Praia Grande atingem pessoas de todas as faixas etárias, desde os jovens até a melhor idade.