População de Itanhaém deve se vacinar contra sarampo, caxumba e rubéola

As unidades de saúde do Município ficam abertas das 8 às 17 horas, de segunda a sexta–feira

Comentar
Compartilhar
26 FEV 201320h14

O munícipe que estiver com a caderneta de vacinação desatualizada deve procurar a Unidades de Saúde da Família (USF) mais próxima de sua residência, no período das 8 às 17 horas, para receber a dose da vacina Tríplice Viral, que protege de doenças como caxumba, rubéola e sarampo. No local, a pessoa também poderá receber outras vacinas que estejam atrasadas.

A vacina contra o sarampo faz parte do calendário nacional de vacinação e por este motivo é aplicada nos primeiros 12 meses de vida e posteriormente entre os quatro e seis anos de idade. A recomendação é para que pessoas entre 7 e 19 anos a imunização seja feita em duas doses com intervalo de 30 dias entre elas. Para maiores de 20 anos, o mínimo recomendado é de uma dose.

O sarampo é uma doença transmissível e que apresenta sintomas como febre, manchas avermelhadas na pele, tosse, coriza e conjuntivite. O munícipe deve procurar a unidade de saúde para se informar sobre eventuais contraindicações.

Nas unidades de saúde, a população poderá se imunizar contra outras doenças (Foto: Divulgação)