X
Saúde

Má alimentação também reflete na saúde dos cabelos

Umas das principais causas de um cabelo quebradiço e sem vida é a falta de alguns nutrientes essenciais na alimentação

Com a correria da vida urbana é normal que as pessoas não mantenham uma rotina alimentar 100% saudável, o que é prejudicial ao organismo, inclusive à saúde capilar.

Umas das principais causas de um cabelo quebradiço e sem vida é a falta de alguns nutrientes essenciais na alimentação. Além de fazer com que o corpo funcione bem, os carboidratos, as carnes em geral e as frutas, verduras e legumes são fundamentais para o crescimento de novos fios no couro cabeludo.

Em uma pesquisa realizada na Inglaterra, constatou-se que a má alimentação é um dos principais fatores para 32% das mulheres com menos de 30 anos já estarem com fios brancos. “O consumo excessivo de produtos industrializados e gordurosos gera um desencadeamento hormonal e faz com que o cabelo perca a coloração” afirma Kátia Nassib Timani, diretora da KANS BR Trade Solutions, empresa especializada em produtos para o cabelo.

A má alimentação também reflete na saúde dos cabelos (Foto: Divulgação)

Num mundo onde cada vez mais vemos que os alimentos industrializados, gordurosos e com alta concentração de açúcares estão em alta e são a primeira opção de compra de muitas pessoas pela praticidade, devemos lembrar que as frutas são mais aconselháveis, porque, além de saborosas, são mais saudáveis. “As frutas secas como as nozes, passas, damascos, figos e ameixas são ótimas aliadas do couro cabeludo e evitam a queda e o ressecamento”, esclarece Kátia.

A combinação de todos os nutrientes é necessária para o bom funcionamento do organismo e para que os cabelos possam crescer fortes.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Praia Grande

Mulher morre após se afogar no mar em Praia Grande

Ela estava junto do companheiro, que também se afogou. Ambos foram resgatados, mas a jovem não resistiu

Economia

Prepare o bolso! Ceia de Natal fica 27% mais cara

Carnes de frango e bovina, ovos, pães, bacalhau e vinhos fazem parte da lista de produtos relacionados à data festiva que registraram aumento de preços no período de 12 meses; veja inflação por produto

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software