Hospital do Servidor Estadual diagnostica um novo caso de câncer de mama a cada dois dias

Iamspe promoverá mutirão no dia 8 de fevereiro para celebrar Dia Mundial da Mamografia

Comentar
Compartilhar
05 FEV 201413h55

O Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE), administrado pelo Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe), diagnostica um novo caso de câncer de mama a cada dois dias.

São mais de 150 novos casos por ano. Desse montante, 70% são descobertos em estado inicial, 23% em estado avançado e 7% das pacientes chegam ao hospital em fase de metástase. O HSPE realiza cerca de 1.200 mamografias por mês.

O câncer de mama é um tumor maligno e ocorre por alterações genéticas em determinados conjuntos de células, que passam a se dividir acima do normal.

De acordo Organização Mundial de Saúde (OMS), 458 mil pessoas morrem por ano em decorrência da doença.

São mais de 150 novos casos de câncer de mama por ano (Foto: Divulgação)

Segundo dados do Inca (Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva), o câncer de mama é o segundo tipo mais frequente no mundo, além de responder por 22% dos novos casos de câncer a cada ano.

Os principais sintomas são nódulos nas mamas e na região das axilas, alteração na forma e tamanho dos seios, alterações na pele e secreção pelo mamilo.

Para confirmar o desenvolvimento da doença, é realizado exame clínico com o médico, mamografia e ultrassonografia.

O diretor do Serviço de Oncologia do HSPE, Otávio Gampel, afirma que o câncer de mama é mais comum em mulheres acima de 40 anos, idade indicada para o início de exames de mamografia anuais.

O médico recomenda que, a partir dos 20 anos, o autoexame das mamas seja realizado com frequência.

“A maioria dos cânceres de mama começa nos carcinomas ductais [células dos ductos mamários], e alguns têm início nos lóbulos [carcinoma lobular]. Caso a paciente tenha histórico familiar da doença, principalmente por parentes de primeiro grau, é essencial que o exame seja feito a partir dos 35 anos”, ressalta.

Segundo ele, alguns grupos de mulheres, como as obesas, as que fazem tratamentos por meio de reposição hormonal ou as que usam anticoncepcionais com alta dosagem de estrógeno, correm mais risco de contrair a doença.

Para celebrar o Dia Mundial da Mamografia, comemorado em 5 de fevereiro, o Iamspe realizará um mutirão de mamografia no HSPE, para atender cerca de 120 mulheres.

O mutirão ocorrerá no dia 8 de fevereiro, das 8h às 18h. Na ocasião, não haverá necessidade de agendamento. O exame é gratuito e poderão participar todas as usuárias do Iamspe que tenham mais de 40 anos. Elas receberão uma senha por ordem de chegada.

A entrada será pela Avenida Pedro de Toledo, 1.800 – Vila Clementino.