X

São Vicente

'Veterinário nos Bairros' inicia 2024 com 60 atendimentos em São Vicente

Ação realizou 27 consultas e 33 aplicações de medicamentos contra pulgas e carrapatos

Da Reportagem

Publicado em 31/01/2024 às 13:51

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Primeiro bairro a receber neste ano a equipe do Veterinário nos Bairros em 2024 foi o Catiapoã / Divulgação/PMSV

O primeiro bairro a receber neste ano a equipe do Veterinário nos Bairros em 2024 foi o Catiapoã.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp Telegram.
Mantenha-se bem informado.

 
A ação foi realizada na quarta-feira (24), quando a equipe do médico-veterinário, agentes de endemias e estagiários de medicina veterinária promoveram 27 consultas e 33 aplicações de medicamentos contra piulgas e carrapatos, totalizando a marca de 60 atendimentos.
 
A moradora Lucimeire Neves Pedroso estava passando pelo bairro, quando avistou o trailer do programa e decidiu levar seus cães para avaliação médica. “Fazia tempo que eu não os levava ao veterinário e achei interessante trazê-los para passar por consulta. Apesar de serem cachorros que ficam dentro de casa, não saem na rua. É bom cuidar da saúde deles”.
 
Satisfeito também com a ação, Douglas Torres Rangel comentou que no bairro há muitas pessoas que não têm condições de arcar com custos com veterinário. “Achei bem bacana a iniciativa, pois, no meu caso, eu quero a opinião de um 'segundo veterinário’.
 
Veterinário nos Bairros –  No ano passado o Programa, promovido pela Secretaria de Bem-Estar Animal (Sebem) percorreu 34 bairros e atendeu mais de 1.200 bichinhos.
 
Houve ainda aplicações de 2.731 medicamentos contra pulgas e carrapatos. Paralelo a isso, teve o evento de adoção de cães e gatos, no qual 32 animais conseguiram um novo lar.
 
O horário de atendimento é das 9h ás 12h, sempre às quartas-feiras. A próxima parada será no bairro do Japuí, na Associação Sorriso, localizada na Avenida Caetano Cardanone, 462.
 
Os atendimentos ocorrem por ordem de chegada com limite-máximo de 40 consultas. O tutor do animal deve ter 18 anos ou mais e estar munido de documentos pessoais, além de comprovante de residência.
 
Caso o pet possua carteira de vacinação, é importante que seja levada no dia do atendimento. Os cachorros de grande porte ou agressivos devem utilizar focinheira e os gatos devem utilizar caixa de transporte.
 
O secretário de Bem-Estar Animal (Sebem), Gustavo Palmieri ressalta a importância do programa e deu um 'pequeno spoiler' para o futuro. "Estamos chegando onde os animais e seus tutores precisam, bairro a bairro, levando o bem estar animal. Em breve, teremos novidades".

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Santos anuncia contratação do meia-atacante Patrick

Ele assinou contrato definitivo válido até 31 de dezembro de 2026.

Guarujá

Hora de aprender! Guarujá abre vagas para curso de maquiagem

Vagas estão sendo administradas pelo Fundo Social da cidade

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter