X

Santos

Querô Comunidade abre inscrições para moradores do Caruara, em Santos

Na oficina, os participantes aprenderão as principais etapas para produção de um curta-metragem

Da Reportagem

Publicado em 14/05/2024 às 18:22

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Aulas estão previstas para começar em junho e acontecerão no Portinho Caruara (Rua Andrade Soares, nº 150 - Praça Portinho - final da Avenida Principal). / Divulgação/PMS

As inscrições estão abertas para a Oficina de Cinema, promovida pelo Projeto Querô Comunidade e destinada aos moradores do Caruara, na Área Continental de Santos. Para ser apto é preciso ser morador do bairro e ter 14 anos ou mais (não há limite de idade). O curso é gratuito e as inscrições seguem até o dia 26 de maio, podendo ser feitas pelo link.

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

 

Na oficina, os participantes aprenderão as principais etapas para produção de um curta-metragem, passando por aulas de criação de roteiro, produção, manuseio de equipamentos audiovisuais e gravação de um documentário, com temática a ser escolhida pelos próprios moradores e gravado na comunidade.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

As aulas estão previstas para começar em junho e acontecerão no Portinho Caruara (Rua Andrade Soares, nº 150 - Praça Portinho - final da Avenida Principal). Ao todo serão nove encontros e os dias e horários das aulas serão definidos após encerramento das inscrições, a partir dos dados colhidos no formulário de inscrição, conforme disponibilidade da maioria dos participantes.

A iniciativa tem apoio da Prefeitura de Santos, com patrocínio máster da Brasil Terminal Portuário e CMOC e patrocínio do banco BV, Petrocoque, Usiminas e TK Elevadores.

Informações pelo WhatsApp (13) 99735-3473 (Andressa) ou pelo Instagram do Querô: @institutoquero

SOBRE O QUERÔ

Com 18 anos de história, o Querô é uma instituição sem fins lucrativos que busca promover o acesso à arte e à cultura e estimular a transformação humana e cidadã de jovens de baixa renda e moradores de comunidades por meio do audiovisual, visando colaborar com a redução da desigualdade social. Até aqui, mais de 400 obras audiovisuais foram realizadas na instituição, conquistando 111 prêmios.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nacional

Loja de Porto Alegre confirma morte de animais por afogamento

Estabelecimento não soube informar a quantidade exata de bichos

Bertioga

Fique ligado! Ruas de Bertioga serão interditadas neste fim de semana

Motivo se dá pelas comemorações do 33º aniversário do município

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter