X

SANTOS

Equipes de Santos participam de treinamento de resgate de vítimas em desmoronamento

A atividade marcou o sexto dia de treinamento de 19 sargentos e tenentes do 6º e 11º grupamentos do Corpo de Bombeiros

Da Reportagem

Publicado em 10/03/2023 às 20:40

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Equipes de Santos participam de treinamento / Fotos: Isabela Carrari

Funcionários da Defesa Civil, CET e Guarda Municipal de Santos participaram, na tarde desta sexta-feira (10), de um treinamento de busca e resgate em estruturas colapsadas. A ação do Corpo de Bombeiros ocorreu na Rua Mato Grosso (Boqueirão) simulando uma explosão ambiental (de gás de cozinha) que teria provocado um desmoronamento com seis feridos em duas residências.

A atividade marcou o sexto dia de treinamento de 19 sargentos e tenentes do 6º e 11º grupamentos do Corpo de Bombeiros, com duração de sete dias para tentar ao máximo garantir uma fidelidade a situações de uma operação de resgate complexa envolvendo vítimas.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

As equipes treinaram inclusive o tempo de resposta de cada um dos envolvidos, incluindo o chamado, o deslocamento das equipes das bases até o local da ocorrência simulada, avaliação da crise e consequente resgate. As equipes da Prefeitura foram compostas por 14 funcionários, sendo três agentes da CET que auxiliam no isolamento do local, desvio e sinalização do trânsito.

Quatro guardas municipais auxiliaram o Corpo de Bombeiros no controle das pessoas que tentam entrar na área de isolamento, além de sete funcionários da Defesa Civil, incluindo engenheiros, que auxiliaram na avaliação do terreno e eventuais riscos de novos desmoronamentos.

O coordenador de risco da Defesa Civil, Cláudio Affonso Malgueiro, chefiou a equipe da Prefeitura no simulado. Conta que o treinamento conjunto é fundamental para o melhor atendimento numa situação real. “O papel da Defesa Civil numa ocorrência do gênero é dar o apoio aos bombeiros em tudo o que necessitarem, principalmente se o local ainda apresenta risco de novos colapsos após a explosão, se não pode afetar as residências, ou edificações próximas, além de auxiliar com equipamentos, maquinários e análise técnica constante dos engenheiros”.

De acordo com capitão do Corpo de Bombeiros Wilson Vaccaro, que comandou a atividade desta sexta-feira, o treinamento serviu para avaliar todas as equipes que em conjunto atuariam numa ocorrência de múltiplas vítimas com desabamento. “A integração de todos os órgãos é o que garante o sucesso na resposta para a ocorrência, fazendo com que ela seja resolvida de maneira mais rápida e de uma forma mais técnica”.

O capitão ressaltou ainda o alto grau de dificuldade numa ocorrência real dessa magnitude. “A busca e o resgate em estruturas colapsadas é uma ocorrência que precisa de muito treinamento, muita técnica, porque é preciso passar por barreiras até chegar às vítimas. É uma ação integrada, que todos precisam estar alinhados e treinados para conseguirmos ter sucesso”, finaliza.

O treinamento continua, com previsão de término próximo da meia noite.

 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Confira o resultado da Dupla Sena no concurso 2664, nesta sexta (17)

O prêmio é de R$ 4.200.000,00

Cotidiano

Confira o resultado da Super Sete no concurso 545, nesta sexta (17)

O prêmio é de R$ 1.250.000,00

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter