Santos

Canais do Saboó, em Santos, tiveram mais de 600 toneladas de lixo removidas

Ações de limpeza manual e capinação contemplaram aproximadamente 1km de extensão linear de canal

Da Reportagem

Publicado em 19/06/2024 às 20:42

Comentar:

Compartilhe:

Entre os meses de abril e maio, as intervenções de limpeza contemplaram as vias Maria Mercedes Féa, Pio XII e Vivaldo de Almeida Nery / Divulgação/PMS

Em um balanço realizado no último trimestre, sobre os serviços realizados pela Secretaria das Prefeituras Regionais (Sepref), em parceria com a Prodesan, cerca de 600 tonelada de resíduos foram retiradas dos canais do Saboó, em Santos, durante uma operação de zeladoria que contou com limpeza manual, capinação de talude e desassoreamento mecanizado

A limpeza do sistema de macrodrenagem tem por objetivo aumentar a eficiência do escoamento e manejo das águas pluviais, além de melhorar as condições sanitárias dos canais do bairro.

Entre os meses de abril e maio, as intervenções de limpeza contemplaram as vias Maria Mercedes Féa, Pio XII e Vivaldo de Almeida Nery. Já em junho os trabalhos se concentraram nas caixas da UME 28 de Fevereiro e no canal da Rua Babalorixá Vivaldo Pires de Carvalho, que seguem em andamento até o fim do mês.

As ações de limpeza manual e capinação contemplaram, neste período, aproximadamente 1km de extensão linear de canal. O desassoreamento mecanizado, por sua vez, contou com o apoio de uma escavadeira hidráulica e dois caminhões trucados.

“Além de realizarmos recorrentes intervenções de limpeza e drenagem, é importante ressaltarmos a necessidade de conscientização da população em relação ao descarte apropriado dos resíduos domésticos. Essa parceria é fundamental para o prolongamento dos bons resultados”, concluiu o engenheiro Rafael Barroso, responsável por coordenar as ações de limpeza.

DENÚNCIAS

Parte dos materiais encontrados nos canais de Santos é proveniente de descarte irregular. A Administração realiza fiscalização diária por meio de equipes técnicas das cinco prefeituras regionais (Área Continental, Centro, Morros, Zona Noroeste e Zona da Orla e Intermediária).

Denúncias sobre descarte irregular podem ser feitas pelo telefone da Ouvidoria 162, das 8h às 18h, ou presencialmente, das 8h às 17h, no Paço Municipal (Praça Visconde de Mauá s/nº, Centro Histórico). Há, ainda, a opção de envio via SOM Web. Para flagrantes, o munícipe pode acionar a Guarda Municipal pelo telefone 153, número disponível 24 horas por dia.

MANUTENÇÃO

A Prefeitura realiza, de segunda a sábado, a limpeza de talude (trecho inclinado) dos canais, com raspação e capinação manual, conforme cronograma. Em um período aproximado de dois meses todos os canais da Cidade são contemplados com o serviço. Já o desassoreamento mecanizado é, geralmente, feito com base nas vistorias de equipes técnicas ou levando em consideração as questões climáticas, como fortes chuvas ou ressacas no mar. Não há cronograma pré-estabelecido para esse tipo de serviço.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Artista usa inteligência artificial e emociona ao mostrar como estariam os Mamonas hoje

Grupo musical morreu em trágico acidente aéreo em 2 de março de 1996

Diário Mais

É amanhã! Amazon celebra Prime Day; veja preços e como ativar as promoções

Ofertas atendem diversos produtos e celebração dura até o próximo dia 21

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter