Praia Grande: Alunos voltam às salas em 3ª fase do Plano de Retomada das Aulas

Apesar da nova fase, o retorno não é obrigatório

Comentar
Compartilhar
05 OUT 2021Por Da Reportagem11h10
Os pais e responsáveis que ainda não se sentirem seguros em levar as crianças, podem optar por permanecer com as atividades remotasOs pais e responsáveis que ainda não se sentirem seguros em levar as crianças, podem optar por permanecer com as atividades remotasFoto: Felipe França / Prefeitura Municipal de PG

A Secretaria de Educação (Seduc) deu início, nesta segunda-feira (4),  à 3ª fase do Plano de Retomada das Aulas Presenciais. Foi o primeiro dia com 100% da capacidade de alunos nas 77 escolas da rede municipal.

Apesar da nova fase, o retorno não é obrigatório. Os pais e responsáveis que ainda não se sentirem seguros em levar as crianças, podem optar por permanecer com as atividades remotas.

Desta forma, as  aulas presenciais vão acontecer quatro vezes na semana. No quinto dia,  os professores atenderão aos alunos que continuam a acompanhar as  atividades de forma remota.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Com o avanço para nova etapa, a Secretaria de Educação retorna com o  período de quatro horas aula para turmas de Infantil I e II, Ensino  Fundamental, Educação de Jovens e Adultos (EJA). Já a creche  funcionará no período parcial de 5 horas e também 4 dias, para  garantir a higienização.

O retorno das atividades de Complementação Educacional também é  destaque nessa fase do plano de retomada. O uso das quadras esportivas  será permitido para a realização das aulas de educação física, com  todos os cuidados tomados pelos professores durante as atividades.  Entretanto, eventos escolares que promovam aglomeração ainda continuam  suspensos.

A retomada das aulas presenciais se faz necessária por diversos  motivos. “Entendemos que os pais pediram essa retomada, mesmo sendo  quatro dias na semana e um dia remoto. A volta dessa rotina é  importante porque o aluno tem a necessidade de estar dentro da sala,  de interagir com os colegas e professores; isso é primordial para o  psicológico tanto dos alunos como dos professores”, afirmou a  subsecretária de Gestão Pedagógica, Marilena Ferreira.

CUIDADOS.
Com o retorno da capacidade total de alunos,  os cuidados com os protocolos de biossegurança redobraram, a fim de  proporcionar um ambiente mais seguro para crianças e docentes. “Com  essa retomada, redobramos os cuidados com os protocolos de segurança  que começam desde a entrada da escola, dentro das salas de aula e nos  corredores, com a disponibilização de álcool em gel; procuramos também  manter o distanciamento entre os alunos nas salas e na hora da  alimentação, e reforçar o uso de máscara da forma adequada”, explicou  Marilena.