Praia Grande

Motorista de aplicativo devolve R$ 4 mil esquecidos por idoso após corrida em PG

O valor seria usado para o conserto de uma Kombi utilizada para vender caldo de cana

Caroline Souza

Publicado em 30/08/2022 às 15:00

Atualizado em 30/08/2022 às 18:46

Comentar:

Compartilhe:

Em vídeo compartilhado por Thiago nas redes sociais, é possível ver a mulher do passageiro emocionada / Reprodução

O motorista de aplicativo Thiago Rodrigues, de 34 anos, devolveu uma bolsa com a quantia de R$ 4 mil, esquecida por um passageiro, após corrida realizada no último sábado (27), em Praia Grande. O valor pertencia a um casal de idosos e seria usado para o conserto da Kombi utilizada por eles para vender caldo de cana em uma feira livre da cidade.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Em vídeo compartilhado por Thiago nas redes sociais, é possível ver a mulher do passageiro emocionada, agradecendo a atitude do motorista. 

A corrida entre os bairros Balneário Maxland e Jardim Melvi havia sido solicitada por outra pessoa, pois o idoso não tem o aplicativo. Mesmo sem o contato do passageiro, Thiago decidiu ir em busca do dono do pertence esquecido em seu carro.

“Deixei o passageiro em frente à uma oficina mecânica e fui fazer outra corrida. Antes do próximo passageiro entrar, olhei para o banco de trás e vi uma bolsa, guardei ela e, assim que terminei a corrida, voltei na mecânica”, conta. No entanto, ao retornar ao local, cerca de 20 minutos após deixar o idoso, a oficina já estava fechada.


Até esse momento, Thiago não havia aberto a bolsa esquecida pelo passageiro. Como não encontrou o idoso, decidiu procurar por algum contato dentro da bolsa, foi, então, que viu o dinheiro. “Nesse momento, decidi voltar ao local de embarque do passageiro, porque imaginei o quanto ele devia estar aflito”.

De volta ao bairro Balneário Maxland, Thiago conseguiu encontrar a casa do idoso. “A mulher dele não estava na corrida, mas estava muito nervosa. É possível ver na gravação o quanto ela ficou emocionada”. 

O motorista ressalta que não contou o dinheiro, a quantia foi revelada pelo próprio idoso, após a devolução. 

Thiago, que é motorista de aplicativo há cerca de um ano, conta que apesar de estar juntando recursos para o aniversário de dois anos de sua filha, não cogitou ficar com o dinheiro. “Eu sabia que era a atitude certa e proporcionar aquele alívio ao casal, me deixou ainda mais feliz. Coloquei em prática tudo o que meus pais e minha igreja me ensinaram”, afirma. “Minha mulher se sentiu feliz e orgulhosa do homem com quem se casou e sei que vou deixar esses ensinamentos para minha filha, esse é o meu presente”, finaliza. 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Maior bar de gelo da América Latina fica em SP; veja como chegar e preços

Quem quiser conferir a atração deve se preparar para 'o frio congelante', pois a temperatura no local pode chegar a -15ºC

Esportes

Quanto vale o ouro? Saiba a premiação de cada medalha olímpica

Valor teve uma evolução de 40 % em comparação a Tóquio 2020

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter