X
Saúde

Acolhe PG aumenta oferta de serviços por telefone e amplia atendimentos à população

Central agenda consultas e transporte, acompanha gestantes e monitora  casos de covid-19

Acolhe PG aumenta oferta de serviços por telefone e amplia atendimentos à população / Tânia Rêgo/Agência Brasil

Praia Grande oferece à sua população um serviço telefônico de  referência em Saúde. Implantado há pouco mais de dois anos como uma  ferramenta para auxiliar no combate a covid-19, o Acolhe PG hoje  agrega inúmeros outros serviços para aproximar o munícipe da  administração e agilizar os atendimentos. A central telefônica  funciona todos os dias e conta com profissionais qualificados que  prestam esclarecimentos e orientam sobre os serviços de saúde  ofertados pela rede de Atenção à Saúde Municipal.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.


Em pouco mais de dois anos, mais de 404 mil ligações foram feitas e  aproximadamente 103 mil atendimentos telefônicos recebidos. Com 96% dos pacientes curados da covid-19 em Praia Grande, o Acolhe PG é visto  como uma das ações fundamentais no sucesso do Município no  enfrentamento à pandemia. A central atende de segunda a sexta-feira,  das 8h às 20h, e aos sábados, domingos e feriados das 8h às 17h. O  atendimento ocorre pelos telefones 162 e 3496-2281.

Por meio do Acolhe PG, a pessoa também pode consultar a sua posição na  fila de consultas, exames e procedimentos na rede municipal de Saúde. A equipe também comunica aos munícipes por mensagem ou ligação  telefônica os agendamentos de consultas e procedimentos de  especialidades. Foram totalizados mais de 93 mil avisos até o momento, agilizando a comunicação com a população e ajudando a reduzir o  absenteísmo.

A central atende ainda pacientes que necessitam de transporte para  tratamento de saúde fora do domicílio, tendo realizado mais de 25 mil  solicitações e confirmações deste serviço. A equipe desenvolve também  diversos serviços administrativos e pesquisas com os munícipes que tem  ajudado a aprimorar processos e melhorar a qualidade do atendimento à  população.

Gestantes de risco - Outro destaque do Acolhe PG é o acompanhamento de  gestantes de risco, contatando as futuras mamães logo após o  diagnóstico médico para confirmar a primeira consulta de maior  complexidade. Posteriormente, a central ampliou o serviço e agora faz  um acompanhamento durante todo o período de risco, até a alta da  paciente ou até o parto, tudo para garantir um pré-natal saudável e  reduzir os índices de mortalidade materno-infantil.

O serviço ampliado visa garantir que a paciente não perca as consultas  específicas, que geralmente ocorrem Centro de Atenção à Saúde (Ceas)  da Mulher e, nos casos de alta complexidade, no Hospital Guilherme  Álvaro, em Santos, e no Ambulatório Médico de Especialidades do Estado  (AME) de Praia Grande. Se a gestante faltar nos dois primeiros  equipamentos, a equipe do Acolhe PG remarca para o mais breve possível  e avisa a paciente. Desde o começo foram feitas mais de 8.500 ligações  de monitoramento de gestantes de risco.

Disque Amamentação – A central telefônica tem desenvolvido um  atendimento específico para as novas e futuras mamães. É o Disque  Amamentação, um canal direto com profissionais capacitados em fornecer  orientações e tirar dúvidas a respeito do tema. O objetivo é reforçar  a importância do aleitamento materno para manter os bebês saudáveis e  diminuir a mortalidade infantil.

O atendimento ocorre pelo telefone 3496-5262 de segunda a sexta-feira,  das 9h às 16h, por ligação ou mensagem. Nesse período, pediatras,  nutricionistas, fisioterapeutas e demais profissionais de saúde  capacitados em aleitamento materno estão à disposição para tirar as  dúvidas dos munícipes e também de profissionais da rede que necessitem  apoio técnico. E nos casos em que a dúvida indique um acompanhamento  presencial, a paciente é encaminhada pelo próprio serviço para a sua  Unidade de Saúde da Família (Usafa) ou para o Posto de Coleta de Leite  Humano, situado no Centro Especializado em Reabilitação (CER), no  Bairro Mirim.

Mais recentemente, o Acolhe PG tem desenvolvido uma abordagem junto às  mães logo após a alta hospitalar. Além do encaminhamento para a Usafa,  a equipe do Acolhe PG faz um contato para tirar dúvidas sobre a  amamentação e também oferecer o serviço de coleta de leite materno  para doação para as crianças da UTI Neonatal do Complexo Hospitalar  Irmã Dulce. Esse acompanhamento ocorre também em outros períodos até  os três meses do parto, visando evitar o desmame precoce.

Covid-19 – O atendimento a pacientes com suspeita ou com covid-19  prossegue normalmente. Pacientes sintomáticos respiratórios recebem  ligações a cada 24 ou 48 horas, dependendo dos sintomas, durante, no  mínimo, 14 dias. Os resultados dos exames para detecção da covid-19  também são passados para os pacientes, tudo devidamente registrado de  maneira digital. O Acolhe PG recebe ainda chamadas telefônicas de  munícipes que necessitam de orientação em relação à covid-19.

Horário – O Acolhe PG funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às  20h, e aos sábados, domingos e feriados das 8h às 17h. O atendimento  ocorre pelos telefones 162 e 3496-2281.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Ação da Receita Federal e da PF termina com 498 kg de cocaína apreendidas no Porto de Santos

A droga estava escondida em uma carga de açúcar

Educação

Bertioga abre matrículas para Educação de Jovens e Adultos

As aulas iniciam no segundo semestre, de segunda a sexta-feira, das 19 às 22h30

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software