Trio é preso por roubo de carga de R$ 250 mil em Piracicaba

O caminhão carregado com bobinas de ferro foi devolvido ao dono

Comentar
Compartilhar
26 FEV 201322h58

Em Piracicaba, a Polícia Militar prendeu três homens acusados de roubo de carga. Um caminhão carregado com bobinas de ferro avaliadas em R$ 250 mil foi roubado em Limeira e a vítima foi obrigada a dirigir até a outra cidade. O caso aconteceu na manhã de ontem (25).

De acordo com a PM, os suspeitos mantiveram a família da vítima refém por uma hora, durante a ação. Um comerciante, um vendedor e um empresário responderão pelos crimes. Eles foram detidos por policiais do 10º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I).

Um motorista de 59 anos foi abordado quando entrava no veículo estacionado e obrigado a dirigir o Scania azul de Limeira até Piracicaba, cidade do interior que fica a 164 km de São Paulo. Segundo ele, cinco suspeitos encapuzados e armados participaram do roubo.

Ao chegar ao destino, o homem foi colocado em um New Beetleprata e conduzido ao bairro Algodoal, onde foi liberado pelos suspeitos. Lá, o motorista acionou o 190, que em contato com a seguradora do caminhão, rastreou via satélite e encontrou o veículo na Avenida Jaime Pereira, no Bongue.

Por volta das 7h30 de segunda-feira (25), o comerciante e proprietário de uma empresa de metais A.M.R., de 30 anos, já havia ligado para o empresário E.S.A., de 33 anos, avisando que “chegaria mais material”. O comerciante solicitou que a carga fosse descarregada e guardada. O objetivo era a retirada do cobre das bobinas: o material seria comercializado.

A carga foi avaliada em R$ 250 mil (Foto: Divulgação)

As prisões

No local indicado pelo rastreador via satélite, os policiais militares detiveram C.C.C., vendedor de 43 anos, que dirigia o caminhão. Ele confessou que o veículo era roubado e disse, ainda, que fora contratado por seu primo, o A.M.R., apenas para o transporte.

No destino final, o suspeito – que não tinha habilitação para dirigir caminhões – receberia R$ 100 pelo trabalho. O homem foi preso em flagrante e levado à delegacia.

Em continuidade às diligências, os policiais militares souberam que A.M.R. havia contratado um terceiro suspeito, E.S.A., para retirar o cobre das bobinas. Este homem, segundo a Polícia, tem uma empresa irregular de limpeza desse material.

E.S.A. foi preso num galpão, supostamente o local combinado para a entrega do caminhão. Em seguida, outros policiais militares conseguiram localizar A.M.R., que estava na Rua Pompilho Rafael Flores, perto de sua empresa.

Finalização da ocorrência

A Polícia Militar apreendeu com o trio quatro celulares e R$ 940, além da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de C.C.C.

De acordo com a Polícia, A.M.R. negou os crimes, mas admitiu ter falado com os demais suspeitos por telefone, afirmando que a ligação seria para pedir que um deles fosse à Campinas para “ver outras peças”.

O caso de roubo de veículo e de carga foi registrado no 7º Distrito Policial de Piracicaba. Uma fiança de R$ 6.780 (10 salários mínimos) foi arbitrada ao condutor do veículo roubado, C.C.C., que não apresentou o valor e responderá por receptação.

Os três suspeitos serão encaminhados a um Centro de Detenção Provisória (CDP). O caminhão e a carga foram recuperados e devolvidos ao dono.