Banner gripe

Rota encontra 20 Kg de cocaína em suposto laboratório de refino em SP

O imóvel foi lacrado para perícia. A droga encontrada foi encaminhada para o Instituto de Criminalística para compor a ocorrência, registrada no 25º Distrito Policial

Comentar
Compartilhar
13 FEV 201519h49

Uma casa que pode funcionar como laboratório para o refino de drogas foi localizada, na tarde de quinta-feira, 12, no bairro de Parelheiros, zona sul da cidade de São Paulo, pela Polícia Militar. No local foram encontrados 20 quilos de cocaína, uma prensa industrial, duas balanças, lâmpadas incandescentes (que costumam ser usadas na secagem de drogas, como o crack) além de embalagens vazias para acondicionamento de drogas, o que fortalece os indícios de que ali funcionava um 'laboratório'.

Segundo o tenente Fábio Henrique Marotti, da Rota Comando 1, a localização do que se suspeita ser um laboratório foi possível depois que policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) pararam um veículo na Avenida Sadamu Inoue, próximo a Parelheiros. No veículo, acompanhavam o motorista um jovem de 20 anos e uma adolescente de 16.

Na revista feita no veículo, um caminhão Hyundai HR, foi encontrada no assoalho do veículo uma 'bolsa' com dois tijolos de cocaína e também um saco plástico com uma porção de crack. Percebendo que a adolescente tentava esconder algo sob as roupas os policiais teriam questionado a garota, que acabou contando estar levando R$ 1.500, dinheiro que, segundo ela, seria o pagamento recebido para que os três levassem a droga da zona leste até Parelheiros.

A adolescente também teria contado, informou o tenente Marotti, que não seria a primeira vez que ela participava desse tipo de 'operação'. Que costumava fazer o 'trabalho' na Baixada Santista. Os três acabaram indicando o local do imóvel em Parelheiros, onde não havia ninguém.

"Pela estrutura montada e a quantidade de material avaliamos que o local serve de ponto de apoio para a venda de drogas em toda a zona sul", disse o tenente Marotti. Os três suspeitos indicaram o nome de outros envolvidos, mas até a tarde desta sexta-feira, 13, nenhum dos citados teria sido encontrado.

O imóvel foi lacrado para perícia. A droga encontrada foi encaminhada para o Instituto de Criminalística para compor a ocorrência, registrada no 25º Distrito Policial, para onde os dois homens e a adolescente foram levados.

Colunas

Contraponto