Receita e PF apreendem 444 kg de cocaína em carga de aço

O destino final da carga seria o Porto de Antuérpia, na Bélgica, o mesmo das três últimas apreensões

Comentar
Compartilhar
14 AGO 2018Por Gilmar Alves Jr.15h31
Contêiner que ocultava a droga tinha sinais de violação e foi vistoriado na manhã desta terça-feira pelos agentesContêiner que ocultava a droga tinha sinais de violação e foi vistoriado na manhã desta terça-feira pelos agentesFoto: Divulgação/Receita Federal

Uma operação conjunta da Alfândega da Receita Federal e da Polícia Federal (PF) apreendeu na manhã desta terça-feira (14) 444 quilos de cocaína no Porto de Santos. Ninguém foi preso e um inquérito da PF irá apurar quem são os responsáveis pela droga.  

O destino final da cocaína, que estava oculta em uma carga de tiras de aço, seria o Porto de Antuérpia, na Bélgica, o mesmo das últimas três apreensões. 

No domingo, após quatro criminosos invadirem um navio italiano, uma operação apreendeu 1,3 tonelada de cocaína na embarcação. O bando fugiu de lancha. 

De acordo com a Receita Federal, a operação desta terça-feira selecionou, por amostragem, contêineres destinados para áreas consideradas de risco, como é o caso do Porto de Antuérpia. 

Um destes contêineres, ainda conforme a Receita, tinha sinais de violação. "Durante a abertura, foram encontradas 13 bolsas esportivas contendo tabletes de cocaína", informou a Receita. 

Com a mais recente apreensão, chega a 13,9 toneladas a quantidade de cocaína apreendida neste ano no cais santista, em um total de 28 operações. O volume recolhido representa um recorde histórico.