X

Polícia

Racha no PCC? Entenda o surgimento de uma nova facção criminosa em São Paulo

O conflito de influência e de interesses entre membros da alta cúpula do Primeiro Comando da Capital

Da Reportagem

Publicado em 28/03/2024 às 12:25

Atualizado em 28/03/2024 às 14:50

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Roberto Soriano, o "Tiriça", é o principal nome do PCP / Reprodução

O crime organizado no estado de São Paulo está passando por uma reformulação. O conflito de influência e de interesses entre membros da alta cúpula do Primeiro Comando da Capital, o PCC, culminou no nascimento de uma nova facção criminosa na região.

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

O Primeiro Comando Puro, conhecido como PCP, tem a figura de Roberto Soriano, o “ Tiriça” , como o principal membro. Marcos Camacho, o “Marcola", maior nome do PCC, considera Soriano como seu grande inimigo dentro do mundo do crime. 

Líder do PCC, 'Meia-Folha' é morto a tiros em Guarujá

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Em busca de reforços bélicos e tentando aumentar seu efetivo de integrantes, o PCP tem o desejo de se aliar com o Comando Vermelho, grupo criminoso do Rio de Janeiro que tem uma forte rivalidade com o PCC. 

Origem do Racha 

Uma conversa gravada entre "Marcola" e um agente penitenciário serviu como argumento para a acusação de delação por parte de “ Tiriça” e dois de seus aliados, Abel Pacheco, o ‘Vida Loka’ , e Vanderson de Lima, o ‘Andinho’. 

O áudio foi utilizado durante o julgamento que terminou condenando “Tiriça” a mais de 31 anos de prisão. 

No outro lado da moeda, “Marcola” acusou os três de traição e todos foram expulsos da maior organização criminosa do Brasil. 

Ministério Público denuncia integrante do PCC por morte de PM da Rota

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

'Encontro das Cidades ODS' contará com reflexão e ação pela Agenda 2030

Evento acontece em junho, no Centro Histórico de Santos

Cotidiano

Sindicato decide adiar greve do Metrô de SP e linhas funcionam normalmente

Segundo eles, parte das reivindicações da categoria foram atendidas

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter