Primeiro suspeito de participação em linchamento em Guarujá é preso

Fabiane Maria de Jesus, de 33 anos, foi amarrada e espancada por moradores do bairro Morrinhos, no sábado (3). Ela morreu na manhã de ontem (5), após ficar em coma induzido na UTI do Hospital Santo Amaro

Comentar
Compartilhar
06 MAI 201418h19

Policiais do 1º DP de Guarujá detiveram na tarde desta terça-feira (6), por volta das 16h30, um eletricista de 47 anos, suspeito de participar do linchamento de Fabiane Maria de Jesus, de 33 anos, foi amarrada e espancada por moradores do bairro Morrinhos, no sábado (3). A dona de casa foi confundida com o retrato falado falso de uma suposta sequestradora de crianças.

O delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior já pediu a prisão temporária do suspeito. O pedido esta sendo apreciado pela Justiça.

Fabiane morreu na manhã de ontem (5), em Guarujá, após ficar em coma induzido na UTI do Hospital Santo Amaro. Ela, que apresentava transtorno bipolar e tinha acompanhamento médico, não resistiu aos graves ferimentos e ao traumatismo. A dona de casa deixa o marido e duas filhas. Uma de 12 anos e outra com apenas 1 ano.

Fabiane Maria de Jesus morreu na manhã de ontem (Foto: Reprodução)