Preso no RJ autor de assassinato em Peruíbe

Captura ocorreu no na última sexta-feira em rodoviária

Comentar
Compartilhar
22 OUT 201310h29

A Polícia Civil de Peruíbe prendeu na última sexta-feira, em uma rodoviária do Rio de Janeiro, um homem responsável pelo assassinato da microempresária de São Paulo Ruth Rodrigues, de 54 anos. A vítima foi morta no último dia 15 naquele município. O criminoso confessou o homicídio durante depoimento prestado na Delegacia Sede de Peruíbe.

Segundo apurado pelo Diário do Litoral, o homem trabalhava na residência da vítima em Peruíbe. Um desentendimento entre eles teria motivado o crime. O homem utilizou uma carranca de madeira para acertar um golpe fatal na cabeça de Ruth.

Em seguida, o criminoso  enrolou o corpo da vítima em um lençol e dispensou no Bairro Una. No dia seguinte, na manhã do dia 16, o homem pegou o veículo de Ruth, um Fiat Doblò verde, e colocou fogo no autómovel na intenção de ocultar provas, já que no carro ele tinha abandonado a carranca utilizada para matar a microempresária.

O veículo foi encontrado ainda em chamas no Bairro Santa Cruz por policiais militares.  Dentro do carro foi localizado um cobertor com várias manchas de sangue. Na sexta-feira, policiais de Peruíbe se deslocaram ao Rio de Janeiro para realizar a prisão do criminoso, que foi localizado em uma rodoviária quando embarcava em um ônibus para outra cidade.

Carro da vítima foi incendiado pelo autor do crime na intenção de ocultar possíveis indícios (Foto: Divulgação)

Na tarde de hoje, o diretor do Departamento de Polícia Judiciária do Interior (Deinter-6), Aldo Galiano Júnior, concederá uma entrevista coletiva no Palácio da Polícia Civil, em Santos, sobre o caso.

Sumiço

O desaparecimento da microempresária ocorreu no último dia 14. Ela saiu de casa, na Zona Leste de São Paulo, por volta de 6h30, com destino à casa de veraneio em Peruíbe, situado no Costão. O caseiro da residência disse para a polícia que a empresária esteve por cerca de uma hora na casa e não retornou mais.