Internada em UTI, mulher esfaqueada pelo filho em Cubatão não corre risco de morte

Atingida no abdômen e no tórax, ela passou por uma cirurgia e estado de saúde nesta terça (9) é estável, segundo a Prefeitura; o marido dela, que também foi vítima do crime, também segue internado

Comentar
Compartilhar
09 ABR 2019Por Da Reportagem17h03
Casal segue internado no Hospital Municipal e o estado de saúde de ambos é estávelCasal segue internado no Hospital Municipal e o estado de saúde de ambos é estávelFoto: Rodrigo Montaldi/Arquivo DL

A Secretaria de Saúde de Cubatão informou nesta terça-feira (9) que o casal esfaqueado pelo filho, Wellington Luis de Albuquerque Borges, de 38 anos, segue internado no Hospital Municipal e o estado de saúde de ambos é estável. 

O crime ocorreu na segunda-feira (8) e Wellington se suicidou após atacar os pais na casa da família, na Rua do Cinema, no bairro Fabril.

Atingida no abdômen e no tórax, segundo a secretaria, a mulher segue na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e não teve órgãos atingidos. Ela foi submetida a uma laparotomia na segunda.

Já o homem se recupera de ferimentos no membro superior esquerdo e no ombro ainda de acordo com a secretaria.