Homem tenta incriminar ex-mulher pela guarda do filho

Segurança preso pela Polícia Civil admitiu que deixou porções de drogas na casa da ex-mulher

Comentar
Compartilhar
29 DEZ 201302h43

O feitiço voltou contra o feiticeiro em Guarujá. Um segurança de 30 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas e denunciação caluniosa após colocar entorpecentes na casa da exmulher, em Vicente de Carvalho, visando incriminá-la. A farsa, com o objetivo de obter a guarda do filho, foi descoberta por policiais da Delegacia Sede de Guarujá, que fizeram diligência após receberem uma denúncia transmitida pelo próprio segurança.

Sob o comando do investigador Paulo Carvalhal, os policiais Rodrigo Santos, Jairo de Paula, Liliana Santos e Rogério Teófilo checaram a denúncia na casa da ex-mulher do segurança durante a manhã da última sexta-feira. O imóvel fica na Rua Presidente Vargas, no Pae Cará.

Após a localização de seis porções de maconha, a moradora do imóvel negou a propriedade dos tóxicos e disse que droga “só poderia ter sido ‘plantada’ na casa pelo ex-marido”, já que ele trava com ela uma batalha judicial pela guarda do filho.

Acusado escondeu a droga na véspera do Natal (Foto: Divulgação)

A moradora também disse aos policiais que na véspera de natal o ex-marido esteve na casa sem sua permissão com o pretexto de pegar “alguns pertences”.

Diante das informações, os policiais civis foram ao local de trabalho do segurança e o levaram para o Setor de Investigações da delegacia. Na repartição policial, o acusado acabou entrando em contradições e acabou confessando que colocou as porções de maconha na casa da ex-mulher para tentar incriminá-la.

Em diligência na residência do acusado, também no Pae Cará, os investigadores apreenderam mais seis porções de maconha e duas cápsulas de cocaína.

O flagrante foi registrado pelo delegado Sergio Lemos Nassur, adjunto da Delegacia Sede de Guarujá.